Taxa desemprego abaixo de média histórica – maio 2017

Considerando a série cronológica oficial do INE para a taxa de desemprego ajustada de sazonalidade da população ativa com idade entre 15 e 74 anos e apurando a média histórica de todas as observações mensais desde fevereiro de 1998 até maio de 2017, a taxa de desemprego média no período foi de 9,7%. Os dados definitivos mais recentes, referentes ao mês de maio de 2017 revelam uma taxa de desemprego de 9,2% (9,5% em abril de 2017). Ou seja, temos a taxa desemprego abaixo de média histórica com o registo de maio de 2017 já claramente inferior à média dos últimos 19 anos.

Para junho de 2017, o INE antecipa, ainda provisoriamente, que a taxa de desemprego continue em queda, devendo rondar os 9,0%.

Taxa desemprego abaixo de média histórica

Desemprego entre os jovens cai mais depressa

Sendo certo que a taxa de desemprego entre os jovens se mantém muito acima da média nacional, é um facto que está a cair a um ritmo mais acelerado.

Quanto ao dois grupos etários apurados nas estatísticas mensais do INE, verificou-se um diminuição de 0,5 ponto percentuais na taxa de desemprego dos jovens, face ao mês de abril, tendo-se fixado nos 23,4%.Já a taxa de desemprego dos adultos foi de 7,9% e diminuiu 0,2 p.p. em relação a abril.

 

Quanto são os desempregados e os empregados?

A população desempregada de maio de 2017 atingiu os 473,7 mil efetivos, menos 16,2 mil do que em abril e menos 33,4 mil do que em fevereiro de 2017.

A população empregada foi estimada em 4 670,3 mil pessoas, mais 5,9 mil do que em abril de 2017 e mais 37,8 mil do que em fevereiro de 2017.

 

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

Deixar uma resposta