Turismo fecha 2014 em alta: 46,1 milhões de dormidas

O turismo fecha 2014 em alta com mais um ano de crescimento de dois dígitos reforçando-se assim o peso desta atividade no PIB português. Num ano em que o PIB terá crescido 0,9% os proveitos totais desta atividade aumentaram 12,8% (dados provisórios). Não temos dados para o valor acrescentado bruto mas os dados finais provisórios em valor e em volume são muito promissores.

Outra nota positiva é o ritmo de evolução que marcou o último mês de ano: registou um crescimento acima da média, tanto em termos de dormidas quanto de variação homóloga das receitas. Vale a pena espreitar a publicação do INE sobre a Atividade Turística em 2014.

Em termos de origem, destaque-se que o grau de dependência medido no final do ano face aos 10 principais mercados emissores de turistas aumentou em 2014, passando estes a representar 77,1% das dormidas de não residentes (75,7% em dezembro de 2013). Apesar de o aumento dos turistas não ter tido taxas de crescimento idênticas por origem, o ranking do TOP 10 dos países que enviaram mais turistas para Portugal manteve-se. Os belgas foram os que registaram maior aumento acumulado durante 2014.

Principais origens de turistas estrangeiros 2014

Principais origens de turistas estrangeiros 2014
Fonte: INE

Outra nota sobre o rendimento médio por quarto disponível: este aumentou a um ritmo (9,5%) mais elevado do que em 2013 (6,0%) e abrangeu todas as regiões do país.

Eis o resumo:

Resumo
Os estabelecimentos hoteleiros registaram 2,1 milhões de dormidas em dezembro de 2014, o que representa um crescimento homólogo de 15,5% (+11,4% em novembro). Os aumentos relativos a residentes e a não residentes foram semelhantes (+15,5% e + 15,4%), tendo os mercados externos representado 61,4% do total.
A estada média foi 2,33 noites (+0,7%) e a taxa líquida de ocupação-cama 26,1% (+2,5 p.p.).
Os proveitos totais aumentaram 16,8% e os de aposento 18,7% (+15,8% e +14,7% em novembro).
O RevPAR fixou-se em 18,2 € (+14,4%), com crescimento acima do mês anterior (+10,3%).

No conjunto do ano de 2014 (resultados preliminares) a hotelaria registou 46,1 milhões de dormidas (+11,0% face a 2013). As dormidas do mercado interno ascenderam a 13,8 milhões (+13,0%), invertendo a tendência dos anos anteriores. Os não residentes apresentaram um acréscimo de 10,2% nas dormidas em 2014.
Os proveitos em 2014 evidenciaram aumentos de 12,8% em termos totais e de 13,5% nos de aposento.

Tagged under:

Deixar uma resposta