Grandes empresas obrigadas divulgar os salários (Reino Unido)

As empresas com mais de 250 empregados obrigadas divulgar os salários numa medida que pretende revelar as diferenças salariais entre homens e mulheres e, por via da pressão social, procurar reduzir o diferencias que se estima sejam de 20%.

A medida insere-se numa política mais vasta do governo britânico que tem vindo a incentivar maior igualdade de género. Recorde-se que no Reino Unido as mulheres ocupam cerca de 12% dos lugares de administração executiva das empresas do FTSE 100 valor que compara com 4 a 5% em Portugal para os lugares executivos das empresas do PSI 20.

Segundo o Jornal espanhol Expansion, a associação patronal britânica sublinha que para que ocorram alterações mais significativas ao nível da igualdade salarial será necessário que homens e mulheres tenham menor viés na profissão que escolhem, destacando-se que  cerca e 50% dos médicos são mulheres enquanto que entre os engenheiros tal percentagem apenas atinge os 7%.

Em Portugal as empresas são obrigadas a divulgar os salários mensalmente à Segurança Social. O acesso a esta informação não é contudo de fácil acesso público.

Tagged under:

Leave a Reply

Your email address will not be published.