Naming do Portugal Open está à venda

Poucas horas depois de se ter confirmado que vai mesmo haver a 25ª edição do Portugal Open, uma prova da categoria de 250 pontos do ATP World Tour e que em 2013 foi ganha pelo atual detentor do Australian Open e correntemente número 3 mundial do ranking ATP (Stanislas Wawrinka), o organizador do evento, João Lagos, admite vender o naming da prova. Defendendo que sempre resistiu a monetizar esse ativo do evento, as dificuldades em angariar patrocinadores acicatadas pela atual crise financeira levaram João Lagos a ceder e a procurar investimento publicitário admitindo mudar o nome do Portugal Open (até 2013 conhecido como Estoril Open). Apesar de poder suscitar interesse nacional entre anunciantes locais é natural que a prova possa cativar anunciantes com exposição mundial dado que os torneios atraem, via emissões televisivas, uma larga comunidade de fãs em todo o mundo.

Na perspetiva nacional é de sublinhar que o ténis é uma modalidade em franco crescimento de número de praticantes e em notoriedade. Se é difícil medir a evolução do número de fãs, não será infundado acreditar que este esteja a aumentar.

Note-se que o ténis nacional está a registar o seu melhor nível de sempre com o atual número um masculino (João Sousa) a bater sucessivos recordes no ranking mundial (é TOP 50 há vários meses), tendo sido o primeiro português a ganhar um torneio oficial da categoria de elite (precisamente um ATP 250, feito registado há poucos meses).

A este desempenho de João Sousa somam-se presenças cada vez mais regulares de outros atletas lusos em fases finais de eventos de elite, quer na vertente masculina, quer feminina, que estão progressivamente a colocar o tenista português no mapa desta modalidade extremamente competitiva e que movimenta centenas de milhões de euros anualmente em todo o mundo.

 A próxima edição do Portugal Open inicia-se a 26 de abril e terminará a 4 de maio e realizar-se-á, como habitualmente, no complexo desportivo do Jamor. A lista de participantes será concluída a 17 de março devendo os bilhetes ser colocados à venda em breve. Até lá, o naming do evento, está no mercado. Alguém se chegará à frente e apostará neste desporto em ascensão em Portugal?

Tagged under:

Deixar uma resposta