FMI: Aumento da desigualdade não é receita para estabilidade e sustentabilidade

Esta é provavelmente a citação do dia, prestada por Christine Lagarde ao Financial Times (tradução nossa):

“Os lideres empresariais e políticos presente no World Economic Forum [Davos] devem lembrar-se que em demasiados países os benefícios do crescimento estão a ser apreciados por um número demasiado pequeno de pessoas. Esta não é a receita para a estabilidade e sustentabilidade”.

Na peça do Financial Times onde surge esta citação, o jornal refere que há alguns sinais de aceitação deste diagnóstico por parte de alguns lideres políticos de algumas das maiores economias  destacando, entre outros que o primeiro-ministro japonês  Shinzo Abe defende o aumento dos salários  no seu país no sector privado e que o primeiro-ministro David Cameron defende um aumento do salário mínimo no seu país.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.