Parlamento Europeu terá menos deputados em 2014

O Parlamento Europeu terá menos deputados em 2014. As próximas eleições a realizarem-se em 2014 elegerão menos 15 deputados passando o novo total para 751 membros. Esta redução refletir-se-á no número de deputados eleitos em 13 dos 28 países que compõem atualmente o parlamento europeu. Note-se que a Croácia, apesar de só vir a ser membro de pleno direito da União Europeia a partir de 1 de julho de 2013 tem já, no atual parlamento, deputados eleitos.

Portugal será um dos países afetados perdendo 1 deputado e elegendo assim 21 deputados em 2014.

Parlamento EuropeuSegundo o Parlamento Europeu (PE):

“(…) Roménia, Grécia, Bélgica, Portugal, República Checa, Hungria, Áustria, Bulgária, Irlanda, Croácia, Lituânia e Letónia perdem 1 eurodeputado cada. A Alemanha perde 3. (…)”

Mas qual a lógica das alterações? O PE também responde:

“(…) Em primeiro lugar, é necessário ajustar os desenvolvimentos demográficos nos Estados-membros. A segunda razão está associada à entrada em vigor do Tratado de Lisboa, depois das eleições europeias em 2009 que estabelece novas regras: o número total de eurodeputados deve ser de 750, mais o Presidente do PE; o número máximo de eurodeputados por país deve ser de 96 e o mínimo e 6. É ainda tido em conta o princípio da proporcionalidade degressiva – que quanto maior for a população de um determinado Estado-membro, mais lugares devem ser atribuídos ao mesmo. (…)”

Tagged under:

Deixar uma resposta