ONU vai fazer "roadshow" em universidades portuguesas para recrutar

Durante o próximo mês de junho realizar-se-ão várias visitas de representantes da Organização das Nações Unidas (ONU) a universidades portuguesas tendo por objetivo prestar esclarecimentos a potenciais futuros candidatos ao ingresso na instituição.

As Nações Unidas terão em curso, entre junho e setembro, um concurso cuja demonstração de interesse se fará por inscrição online. O objetivo da ONU passa por reforçar o número de profissionais portugueses a trabalhar na instituição.

Sublinhe-se que os processos de recrutamento têm um conjunto de nacionalidades alvo em cada ano, sendo este um ano em que os cidadãos portugueses são elegíveis.

A ONU está neste momento a recrutar quadros para várias especialidades como:

  • Auditoria,
  • Economia,
  • Assuntos eleitorais,
  • Engenharias,
  • Tecnologias de informação e comunicação,
  • Gestão da informação,
  • Logística e contratos,
  • Gestão de programas/projectos,
  • Segurança,
  • Assuntos humanitários,
  • Direitos humanos,
  • Assuntos legais,
  • Assuntos políticos,
  • Administração pública,
  • Informação pública e meios de imprensa,
  • “Rule of law”,
  • Assuntos sociais,
  • Estatística e
  • Cartografia.

As vagas estão orientadas quer para recém licenciados quer para profissionais com experiência.
Segundo a mesma fonte a ONU estará em Lisboa:

  • no ISEG, no dia 5 de Junho (às 15.30h, Piso 2 | Auditório CGD | Edifício Quelhas Rua do Quelhas devendo os alunos da Universidade de Lisboa inscrever-se aqui),
  • na Universidade Católica Portuguesa, no dia 6 ( das 10h00 às 12h30, nas instalações da UCP em Lisboa, no A1 (Edifício Antigo) com inscrições aqui),
  • na Nova SBE no dia 7.

Tagged under:

1 Comentário

  • Manuel Freitas Responder

    É de lamentar, mas é mais uma realidade neste misero pais, que nem os seus governantes informam a ONU de que também existe uma Cidade neste Pais chamada Porto e outras que tais, nas quais também há Universidades e Institutos Politécnicos, com alunas a estudar e que também gostariam de ter possibilidades de se inscreverem para ocupar um possível lugar na ONU, mas pelos visto as pessoas encarregadas de virem efectuar uma espécie de pesquisa e ao mesmo tempo inscrições dos possíveis candidatos a empregos naquela instituição,ignoram que há mais Cidades neste Pais com Pessoal a tirar cursos superiores e como tal também deviam ter as mesmas oportunidades que os de Lisboa. Porque será que assim não é.???. Quem souber que dê a explicação. Manuel Freitas

Deixar uma resposta