Já conhece os GEPE – Grupos de Entreajuda para a Procura de Emprego?

Os GEPE-Grupos de Entreajuda para a Procura de Emprego são uma iniciativa dinamizada pelo Instituto Padre António Vieira (IPAV) que visa, em larga medida e ainda que de forma experimental, suprir algumas lacunas importantes no apoio à reintegração dos desempregados aconselhando e apoiando na tarefa de procurar um novo emprego. Aspetos tão simples como elaborar um currículo ou  planear e seguir o plano na procura de emprego nem sempre são saberes adquiridos entre quem cai no desemprego e, em muitas situações, é comum ouvir-se o relato de que no Centro de Emprego não há nem vocação nem disponibilidade para um apoio direto e personalizado a quem dele precisa para encontrar um emprego, em particular neste período de emergência social e de incremento brutal das solicitações. Mas o que são os GEPE?


“(…) são grupos informais de pessoas desempregadas, que se reúnem periodicamente e cujo objectivo é a procura activa de emprego, na qual todos os membros do grupo colaboram e se entreajudam.

A rede GEPE é um projecto experimental e inovador que pretende desta forma apoiar desempregados, em particular os que sofrem um maior impacto psicológico do desemprego, quer pela sua duração, pela situação inesperada ou pela vulnerabilidade em que se encontram.
Através da dinâmica de entreajuda em grupo, metodologia adaptada de outros contextos de “auto-ajuda”, procurar-se- á ultrapassar a desmotivação, o isola- mento e a tendência depressiva a que o desemprego muitas vezes conduz. Com o apoio de um facilitador/animador, o grupo focar-se-á na procura activa de emprego para os seus membros, tendo cada um deles a função de apoiar os restantes nessa missão. Com uma atitude positiva e um enfoque proactivo so- bre o mercado de trabalho é uma experiência de solidariedade e de dádiva entre os próprios desempregados.
Os GEPE são constituídos, tendencialmente, por oito a doze membros.
Os GEPEs não têm empregos para oferecer, não têm subsídios para distribuir, nem são uma solução mágica para todos os problemas dos desempregados. Mas podem ser o início da solução, proporcionando a cada membro dos GEPEs uma ajuda e oportunidade de ajudar outros com problemas similares. (…)”

Neste momento existem GEPE a operar nas seguintes localidades:

  • Porto
    • Associação Torne e Prado
    • CÁRITAS
    • CREU
    • ACREDITAR
    • Centro São Cirilo
  • Lisboa
    • CUPAV
    • Fundação São João de Deus
    • Junta de Freguesia da Campolide
    • Centro Social do Campo Grande
  • Coimbra
    • CUMN
  • Braga
    • CAB
  • Moita
    • Fundação Santa Rafaela Maria
  • Cantanhede

Se estiver interessado em ajudar, em formar um GEPE (não deixe de ver o “Manual do Animador” de um GEPE) ou em ser ajudado ou conhece alguém a quem possa interessar, visite o sítio dos  GEPE e descubra como pode participar.

Tagged under:

Deixar uma resposta