Excedente comercial da zona euro próximo do máximo histórico

Segundo o Eurostat (dados não corrigidos da sazonalidade), o excedente comercial de bens da Zona Euro (a 17) foi de €17,2 biliões tendo a União Europeia (a 28 países) registado um saldo igualmente positivo na ordem dos €4,3 biliões. O resultado apurado para a Zona Euro (ZE) representa um aumento de quase 80% face a igual mês do ano anterior.

Entre janeiro e setembro, o país, de longe, com o maior excedente comercial em outubro de 2013 fo ia Alemanha (€148 bliliões) seguido a grande distância da Holanda (€40,5 biliões), da Irlanda (€28,5 biliões) e da Itália (€19,6 bilioes). Os maiores défices comerciais, em igual período, registaram-se em França (-€57,5 biliões), Grécia (-€14,5 bliliões), Espanha (-€11,6 biliões) e Portugal (-€6,7 biliões).

Os principais parceiros comercial da ZE junto dos quais a ZE regista importantes excedentes comerciais (dados de janeiro a setembro de 2013) foram:

  • Reino Unido,
  • Estados Unidos da América,
  • Suiça,
  • Turquia,
  • Polónia.

Os parceiros mais relevantes em termos de déficetis comerciais no comércio de bens são:

  • China,
  • Rússia ,
  • República Checa.

O excedente comercial de outubro de 2013 terá sido um dos mais elevados da história da Zona Euro, provavelmente o 3º mais expressivo.

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.