Sinais de Risco: auditores externos recebem quase tanto por outros serviços como por auditoria

” (…) O valor dos trabalhos de auditoria representou em 2009 pouco mais de metade (55,2%) dos honorários globais pagos às empresas de auditoria externa. Esta percentagem esconde diferenças muito relevantes entre os vários tipos de sociedades, nomeadamente quando se consideram as empresas integrantes do PSI20 por oposição às que não o integram. Entre as primeiras, a percentagem média dos honorários pagos pela prestação de serviços de auditoria foi de 51,6%, enquanto nas segundas rondou os 80%. As empresas do sector financeiro foram aquelas onde a prestação de serviços de auditoria foi menos relevante, mas onde os “Outros trabalhos” assumiram maior importância. São também aquelas onde os trabalhos de “Fiabilidade” foram uma fonte significativa de honorários pagos às auditoras externas. Estes valores significam que as empresas de maior dimensão e liquidez e as financeiras contrataram às auditoras externas um volume muito relevante de outros serviços (incluindo de fiscalidade), o que poderá originar perda de independência e poderá criar custos de agência a suportar pelos accionistas. (…)”

in Relatório Anual sobre o Governo das Sociedades Cotadas em Portugal – 2009, CMVM

Tagged under:

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.