Virgin Active – concorrente de peso ao incumbente Holmes Place (rev.)

Aquando da última polémica relativa ao IVA que envolveu alguns ginásios a operar em Portugal (nomeadamente o Holmes Place conforme aqui se foi dando nota) pareceu-nos evidente que havia um estranho vazio de mercado. Um negócio aparentemente lucrativo não estaria a gerar a devida concorrência, não por culpa de quem estava no mercado, mas por “culpa” de quem não aparecia a querer partilhar a fatia dos lucros. E com isso algumas, poucas, redes de ginásios foram tomando posições dominantes a nível local constituindo-se quase monopólios regionais.

Talvez a situação venha a mudar um pouco em algumas dessas áreas geográficas com o surgimento de um novo jogador com dimensão internacional. O jornal Oje dá conta da chegada a Lisboa da Virgin Active que se instalará bem no centro da Cidade, no Palácio SottoMayor num espaço de 7 mil metros quadrados, oferecendo as multiplas valências que têm vindo a constituir o novo conceito de clube de saúde. A empresa em causa conta vir a expandir-se consideravelmente pelo país nos próximos anos tendo já em funcionamento duas unidades em actividade no grande Porto e outra que abrirá no em Oeiras, no último trimestre de 2011.

Veremos nos próximos tempos se a estratégia comercial difere ou imita a do principal concorrente (e não estamos propriamente a pensar apenas no preço).

Tagged under:

3 Comentários

  • Pingback:Economia & Finanças

  • gimnoResponder

    isto nao é verdade:
    “tendo já em funcionamento duas unidades em actividade no grande Porto e outra em Oeiras”

    era bom q qd escrevesse verificasse as suas fontes. tem 2 unidades abertas: uma no porto outra em gaia…

  • MapariResponder

    De facto, a de Oeiras só abrir no último trimestre de 2011. Correcção feita, obrigado pela dica.

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.