Taxas de juros dos depósitos a prazo em alta (act.)

Tal como aqui havíamos antecipado  em “Melhores Depósitos a Prazo em Junho“, desta vez foi a redacção do Jornal de Negócios que foi constatar a evidência consultando 15 bancos a operar em Portugal e confirmou que as taxas de juros estão a subir para os depósitos a prazo a um ano (rondam os 1,7% brutos, em média, segundo o jornal).

 Na realidade o movimento parece ser mais abrangente devendo integrar em breve aplicações pelo menos até aos 5 anos, um prazo que o presidente do IGCP afirmava há dias desconhecer ter oferta em termos de depósitos a prazo.

Continuamos a actualizar regularmente a nossa página de referência (exclusiva para depósitos não promocionais) sobre a oferta de depósitos a prazo existentes em Portugal. Em breve procuraremos incluir um comparativo actualizado frequentemente para várias maturidades. Para já o convite é para que pesquise por si mesmo, comparando sempre condições de resgate, montantes mínimos e taxas efectivas.

Ainda esta semana publicaremos um artigo sobre os spreads, onde procuraremos desmontar  frases como “Os Spreads têm que subir”. Entretanto parece que vem outra polémica a caminho: “Governo exige conhecer juros de poupanças de todos os cidadãos“.

Mas até lá, bons negócios!

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

Deixar uma resposta