O que devo fazer: poupar ou gastar?

Sem prejuízo de voltar ao tema em breve, eis os dois últimos parágrafos do editorial de hoje do Jornal de Negócios que subscrevo inteiramente:

“(…) Escreva isto na porta do frigorífico: os juros estão baixos mas só temporariamente. Os países estão a resolver as suas crises com mais dívidas, que será preciso pagar no futuro. E esta hipótese de deflação é um fantasminha improvável face aos riscos de grandes inflações para depois desta crise.

Antes de as economias merecerem que gaste o seu dinheiro, têm de lhe sossegar as incertezas. Se é dos felizardos que têm mais dinheiro no fim do mês agora do que há um ano, olhe para as dívidas de hoje e para os juros do futuro. Poupar ou gastar é uma pergunta nacional mas tem resposta individual. Como diz a revista “Sábado”, pense por si.”

Um comentário sobre “O que devo fazer: poupar ou gastar?

  1. Exactamente! Quando for preciso reempacotar todas estas dívidas, refinanciar isto tudo, as euribors vão voltar a disparar. Depois é que são elas

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.