Novo portal de emprego

Eis uma breve entrevista ao Renato, responsável por um novo portal de Emprego que iremos acompanhar por aqui:

Como surgiu a ideia?
O maisempregos.net tem um objectivo bem focalizado: concentrar o maior número de ofertas possíveis para poder servir da melhor maneira, aqueles que no momento estão desempregados, ou outros que pretendam subir na sua vida através de novos desafios. Queremos ser mais um portal de ofertas, não havendo espaço para um só, e por isso e nos tempos difíceis que vivemos, o maisempregos.net passa por ser mais um meio de obtenção da concretização profissional.

Qual a mais valia face a outro projecto existentes nesta área?
Pensamos que o facto de reunir várias ofertas de várias categorias é um ponto fulcral. No entanto, o nosso objectivo passa por olharmos unicamente para aquilo que fazemos e não para os outros, queremos que seja um projecto ganhador, mas sem rivalidades. O facto de querermos apresentar ofertas de emprego de Angola, um país lusófono e em crescimento, poderá ser no entanto uma mais valia.

Como recolhem as ofertas de emprego?
As ofertas de emprego são colocadas através do anúncio livre de empresas ou pessoas em particular. O nosso objectivo a curto prazo é sensibilizar as empresas de recursos humanos a colocar no maisempregos.net as suas ofertas.

Já tem alguma indicação da receptividade do serviço?
O indicador principal é os emails que nos chegam através de empresas e pessoas que colocam os seus anúncios de emprego, estando para breve, a possibilidade de as pessoas inserirem os anúncios, através de um método de autenticação.
 
Projectos para o futuro?
A curto/médio prazo queremos ter uma boa base de dados com currículos de candidatos e empresas registadas, a fim de poder oferecer uma maior oferta de anúncios de emprego.

Ficam os votos de muito sucesso (é possível que de quando em vez se destaquem alguns anúncios por aqui).

1 Comentar...

  • camilo gilberto muzaResponder

    trabalhei no governo do olivio e tambem do lula;nao tinha horario sem nenhuma falta ,osereno chaise da cgtee me colocou pra fora todo mundo falau que foi uma injustiça :hora gente ninguem vai me dar emprego com a minha idade e por trabalhar dentro da politica nao apareceu um companheiro se quer para me dar emprego neste periodo todo vou fazer campanha pra quem?

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.