Como fazer uma alimentação equilibrada com pouco dinheiro

Há notícias que são verdadeiramente um sinal dos tempos. No mesmo dia em que li algures que andam muitos portugueses a alimentar-se sistematicamente de sanduiches leio agora esta outra na Agência Financeira: “Nutricionistas sugerem guia alimentar para gastar pouco – Poupar na alimentação: como comer bem e barato”:

Fica um excerto com a respectiva ligação relevantes (que teimosamente os media online continuam a não estabelecer):

A Associação Portuguesa de Nutricionistas elaborou um guia alimentar para um mês, com receitas que permitem aos portugueses comer bem, sem deixar de lado a preocupação de gastar pouco dinheiro, nesta altura de crise, em que o rendimento não estica, avança a Renascença.

Este guia alimentar, que vai estar disponível no site da organização (http://www.apn.org.pt) a partir desta semana, parte do valor do salário mínimo (450 euros), do qual apenas se gasta 20 a 25% em alimentação. Ou seja, 3 a 4 euros por dia. (…)

1 Comentário

  • ana gonçalves Responder

    Segundo a minha opinião, nenhum dos que estiveram no governo desde do 25 de Abril até à data” PS” e” PSD” têm a capacidade de continuação de governação, pois já fizeram questão de o demonstrar durante todos estes anos infinitos. O que estes mais conseguiram provar, é qual o que mais agilidade tem em afundar o país. Dai que já mais nos poderam levar a bom porto. E não é necessário ter um canudo, seja este tirado à segunda- feira ou ao domingo, para chegar a esta conclusão, porque os simple factos falam por si.

Deixar uma resposta