Qual o preço dos combustíveis na bomba mais próxima? (act. 5 JAN 2009)

[wp_ad_camp_1]

NOTA: Se procura o novo sítio da DGGE (Janeiro de 2009) contendo os preços praticados pelas gasolineiras siga esta ligação : http://www.precoscombustiveis.dgge.pt/

Já conhece o Mais Gasolina? Trata-se de um projecto que pretende explorar a lógica de rede social via web para produzir um mapa constantemente actualizado dos preços praticados pelos postos de combustíveis a operar em Portugal. Basicamente, qualquer um de nós pode registar-se e indicar os preços mais recentes que encontrou no posto de abastecimento a que recorreu. O segredo do sucesso está na plataforma e nos recursos oferecidos de rastreio e localização e, fundamentalmente, na utilização por parte dos consumidores.

Quando a lei que impõe a obrigação de difusão dos preços das gasolineiras nas auto-estradas está ainda em regime de nado-morto, este pode ser um meio interessante de contornar a falta de informação. Além de, naturalmente, servir para todas as restante utilizações.

O projecto foi-me hoje apresentado e admito que possa ter algumas fragilidades, contudo, parece-me que é um ideia meritória com utilidade havendo um mínimo de controlo e, claro de cooperação e honestidade entre os participantes. Fica dica: Mais Gasolina.

32 Comentários

  • Eduardo MaioResponder

    Obrigado pela confiança no projecto e sua divulgação.

    Existe de facto um controlo em background de todos os postos adicionados, editados ou dos preços actualizados para garantir a veracidade dos dados, comparando os preços com o seu valor anterior, os preços de referência das principais gasolineiras e os preços médios actuais do combustível.

    Estão também já registados os responsáveis por alguns dos postos de abastecimento presentes e vão actualizando estes dados regularmente.

  • maria elisaResponder

    OLA BOA TARDE,PROVAVELMENTE VOCE SERÁ MAIS INTELIGENTE…..EXPONHA AQUI A MELHOR FORMA DE SE COMBATER A EXPECULAÇÃO DOS PREÇOS, HA PESSOAS JÁ A NÃO TEREM QUE COMER. HA CRIANÇAS NO MEIO DISTO TUDO. E OS RICOS A TEREM TUDO….

  • GonçalvesResponder

    Temos que ser nós, quem compra os combustiveis. Temos que declarar guerra a galp, TODOS. Os lucros no ultimo semestre de 2007 e no 1º trimestre de 2008 cresceram cerca de 63%!! Apois é meus amigos e ainda em simultaneo faziam grandes investimentos, querem fazer com que nós suportamos os futuros e colossais investimentos. criarão o habito de enormes lucros e nem em crise querem abdicar dos mesmos… Quem trabalha é que arca com as consequencias e sustenta o país, sim somos nós, lá está só depende de nós, PARAR; TUDO.

  • GasparResponder

    Para baixar o preço dos combustiveis, façam como eu, abasteço nos postos pequenos. Na galp, repsol, e bp, abasteço só um litro de cada vez, desta forma até tem prejuízo nas vendas que me fazem.

  • AnónimoResponder

    Para baixar o preço dos combustiveis, façam como eu, abasteço nos postos pequenos. Na galp, repsol, e bp, abasteço só um litro de cada vez, desta forma até tem prejuízo nas vendas que me fazem.

  • KarekaResponder

    O meu agradecimento a quem trabalhou para nos proporcionar tão importante informação!
    Abraço

  • José Paulo MacedoResponder

    Há erros nos preços. Por exemplo aparece o elecerc de fafe como dos mais baratos (gasóleo a 1,439), em guimarães a repsol creixomil tem o gasóleo a 1,419.
    Algo de mal se passa aqui.

  • jbResponder

    somos ROUBADOS com o aval do governo,pq têm cartões e carros q tb pagamos

  • ToNevesResponder

    Por vezes há erros nos preços indicados.
    Falo pelos postos que conheço.

  • M.D.SimõesResponder

    A chamada lei “Robim dos Bosques”, é uma afronta.
    Se o governo quer mesmo intervir sobre os lucros das gasolineiras, só tem que arrecadar todos os lucros obtidos de modo algo “ilicitos” e não taxá-los a 25%. Pois por essa via, se elas ainda arrecadam 75%, é fartar vilanagem. Agora se esses revertessem todos para o Estado, talvez se conseguisse refrear a ganancia, e o consumidor sairia beneficiado.

  • P R LResponder

    Juro que ainda um dia dirijo-me a uma bomba, peço uma quantidade de combustivel que feita a conta termine em milésimas e depois exijo o troco.
    mas o pior é que o desgraçado do vendedôr está a dár a cara mas não tem culpa alguma.

    Porque é que não se acaba com a palhaçada do preço dos combustivéis levados a àmilésima do euro/litro?

  • José GonzagaResponder

    Um dia ouvi aquela “máxima” “em Portugal, todos falam, falam, mas pouco ou nada fazem” e, caros amigos, de facto é bem verdade! Aqui, em Portugal, todos se queixam mas, depois, são muito desunidos, ou melhor cada um faz aquilo que entende e, claro, continuará a queixar-se!! Porque não nos unimos, em torno daqeles que já iniciaram algo e que está a dar resultados?! Todos juntos, poderemos ir mais longes!! Se, pelo contrário, continuarmos a lamentar a nossa “triste sorte”, concerteza que ficaremos onde estamos!! Vamos agir! Concentremo-nos e não nos dispersemos.
    Um melhor ano de 2009…

  • F C CResponder

    A gasolina em Portugal está é barata! Quantos dos que aqui refilam andam de transportes públicos, de bicicleta ou até a pé? Quantos dos que aqui refilam respeitam os limites de velocidade e fazem por carregar o mínimo no acelerador? E dizem-me: “eu carrego cada vez menos!”. Deve ser por estes que se é ultrapassado constantemente durante centenas de quilómetros de auto-estrada quando se circula abaixo do limite legal. Se nos doesse a carteira assim tanto não haviam filas de trânsito com médias de ocupantes dos veículos inferiores a 1,5. Há muito que os combustíveis fósseis já não são para todos. Mudemos também nós de mentalidade. O site aqui referido é de louvar pelo serviço que presta aos que contam quanto custam os quilómetros que fazem.

  • José GonzagaResponder

    Caro Sr.

    Todas as iniciativas que nos conduzam a redução de custos, são de louvar!! É certo que umas poderão ser melhor que outras mas, na generalidade todos, pretendem contribuir para vencer o marasmo em que caímos! Por isso, caro amigo, agora, depois do desabafo que teve, metamos as mãos à obra!! Juntemos “as nossas armas” e vamos ao combate! Eu, pela parte que me toca e com a colaboração das mais de 4.000 empresas e empresários e de algumas entidades públicas que se juntaram a mim, nas quais englobo o Governo Regional da Madeira, vou continuar a lutar…

    Um bom ano para si.

    Eduardo Pegado

  • F C CResponder

    Com tanta burocracia, quando acabarem de lutar já temos carros a célula de combustível em Portugal. Deve ser pela minha tenra idade que olho mais para o futuro. Isto sim foi um desabafo.

  • Ernesto RanitoResponder

    Não temos combustíveis mais acessíveis porque o
    nosso Governo enche os cofres à custa dos impostos
    que lança sobre tudo o que se consome. Olhem para
    Espanha: NIVEL DE VIDA SUPERIOR, MELHORES ORDENA-
    DOS, MENOS IMPOSTOS (IVA, Por exemplo). É fácil governar à custa do desgraçado que não tem outrto remédio senão trabalhar, quando consegue ter tra-
    balho, é claro. Mais tarde esse dinheiro é mal gasto, espalhando “Magalhães” por tudo quano é sítio e dando rendimentos mínimos a quem nunca descontou e para quem já o fez durante 39/40 anos
    não há nada para ninguém. Desculpem o desabafo, mas acaba por vir a talhe de foice. Rouba-se por uma lado para dar a quem nãso merece por outro. Claro que não incluo quem na realidade tem real-
    mente necessidades. E.R.

  • Antonio graz.Responder

    Caros concidadaos,so lamurias. Todos se queixam dos governos com verdade, tem razao? Mas na hora de por la o votinho,tornam a por la os mesmos! Entao o que querem? [Povo amorfo]. AG.

  • Eduardo MaioResponder

    Aproveito para informar que o Mais Gasolina passou a disponibilizar informação actualizada dos 360 postos actualmente disponíveis no site da DGEG.

  • AnónimoResponder

    na minha terra os combustíveis estão mais baratos

  • Victor PiresResponder

    Passei pela A22, e quando chegava perto do posto galp, de Loulé, qual foi o meu espanto, vi uma placa a dizer “afixação de preços brevemente”, mas a lei não entrou em vigor em 01/01/2009, se não é gozar então o que é, temos que lá ir ver?

  • JoãoResponder

    Oa combustiveis não baixam porque o socrates não quer ele e a comandita dele.A Galp é a chefe da orquestra as restantes gasolineiras alinha com ela,o que é curioso é que aparecem 2 ou 3 ou mesmo mais gasolineiras com alteração dos preços no mesmo dia. O senhor da concorrencia diz que não há cartelização então o que é isto.Algum ministro se está a preparar para ir para a Galp e por isso têm que lhe dar todas as facilidades que depois lá vão receber a paga,mas que paga!

  • Antonio MartinsResponder

    Simplesmente uma vergonha.Anda meio mundo a enganar outro meio.A democracia tem regras e por consequência fiscais o que parece é que estes últimos não funcionam, que havemos de fazer? Talvez a maioria esteja satisfeita assim. Paciência!…………………..

  • JÚLIO ROLO DOS SANTOSResponder

    Só poderemos vir a ter preços mais baixos, se os
    consumidores se dispuserem a não abastecer na GALP durante o tempo necessário e suficiente para
    levar a empresa a baixar os preços dos combustíveis. É só esperar e vão ver se não funciona na perfeição.

  • KarsonResponder

    Evite abartecer na Galp, BP e Repsol.
    Vá a outras bombas.
    Eu pos acaso até gasto gpl.
    Melhor ainda, agora está parado á porta

  • Júlio Rolo dos SantosResponder

    Há ainda quem tenha o descaramento de dizer que abastece na GALP, porque a gasolina é melhor.
    Nada mais errado, o que a leva a praticar os preços mais altos do mercado. Por isso, continua a obter lucros fabulosos, para investir fora do país, à custa do consumidor português.
    Não abasteça na GALP para a obrigar a baixar os preços. Seja amigo de si próprio e não pactue com a GALP.

  • Albino Luis GonçalvesResponder

    Os maiores ladrõess são ogoverno que autorizam a que as gasdolineiras robem as pesssoas às descaradas, porque isto, o governo tem interesse, quanto mais caro o combustível mais arrecada, isto é uma pouca vergonha neste país.

  • Pingback:Novo comparador de preços de combustíveis: vale a pena fazer o desvio para abastecer? | Economia & Finanças

  • Carlos PereiraResponder

    Concordo com o boicote aos postos da Galp.Eu já há muito tempo que não abasteco nesses postos.

  • Carlos PereiraResponder

    Evite abasteçer nos postos Galp Repsol e BP.Pela minha parte,já há anos que não abasteço em tais postos.

  • antonio santosResponder

    Tentem só abastecer nas grandes superfícies que são quem apresenta os melhores preços. Galp e companhia nunca. sigam este conselho

  • JORGE BRASResponder

    O QUE SE ESTÁ A PASSAR NO NOSSO PAÍS NO QUE RESPEITA A COMBUSTÍVEIS É VERGONHOSO PARA AUMENTAR É LOGO NO DIA SEGUINTE PARA BAIXAR PASSADOS 15 DIAS QUANDO NÃO DEMORA MAIS TEMPO, ENFIM SÃO OS GOVERNANTES QUE TEMOS.

  • toouaquitoulaResponder

    Até que o Sebastião, afilhado de Pinho e de Sócrates for o presidente da ADC, nada vai mudar. O OLIGOPÓLIO, com o PATROCÍNIO DO GOVERNO, EXIGE QUE NENHUM PORTUGUÊS META GASOLINA NOS POSTOS DOS AGIOTAS DA GALP DO SR AMORIM

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.