Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Saúde : Urgências de Macedo de Cavaleiros

Vou tentar trazer aqui diariamente um caso sobre a temática das urgências e da Saúde.

Para que se perceba, não estarei aqui sequer a discutir o actual modelo de saúde, com o qual discordo em absoluto, apenas irei demonstrar quais são as implicações do actual modelo de alteração.

Nível 1 – Urgência Polivalente (SUP)

Nível 2 – Urgência Médico Cirúrgica (SUMC)

Nível 3 – Urgência Básica (SUB)

O concelho de Macedo de Cavaleiros tem actualmente 17.117 habitantes, dos quais 4.007 tem mais de 65 anos, o que representa 23,74% da população residente. Tendo em conta a perspectiva de evolução demográfica, num cenário moderado, estima-se que em 2015, no concelho, haja perto de 26% da população com mais de 65 anos.

Actualmente, em termos de saúde, o concelho de Macedo de Cavaleiros possui:

  • Um Hospital com Serviço Urgência Médico Cirúrgica (nível 2) em Macedo Cavaleiros.
  • Um centro de saúde sem internamento e 11 extensões de centros de saúde espalhadas pelo Concelho, com 13 médicos e 17 enfermeiros.
  • No ano de 2004, foram dadas 49.861 consultas ao nível do centro de saúde e extensões.
  • O Hospital de Macedo Cavaleiros realizou, em média, 4,1 grandes ou média cirurgias por dia, tendo realizado em todo o ano 3.612 internamentos.

O que muda: é encerrado o Serviço de Urgências Médico Cirúrgica em Macedo de Cavaleiros.

Alterações de acesso a cuidados de saúde:

Serviço Urgência Básica (SUB): Actualmente em Macedo de Cavaleiros passa, com a alteração, a estar situada em Mirandela a 27 kms. O Hospital de Mirandela, que também era SUMC, passa apenas a SUB, e, no ano de 2005, teve 5.270 internados e realizou 4,4 cirurgias/dia. Estará preparado para o acréscimo?

Serviço Urgência Médico Cirúrgica (SUMC): Actualmente em Macedo de Cavaleiros, passa com a alteração a estar situada em Bragança, a 46 kms. Bragança, levará com os utentes de Macedo Cavaleiros e de Mirandela, passando o Hospital de Bragança a ter, por mero somatório, de realizar, em média, 17,7 cirurgias/dia (Macedo Cavaleiros 4,1 cirurgias/dia + Mirandela 4,4 cirurgias/dia + Bragança 9,2 cirurgias/dia), quase duplicando o número de cirurgias prestadas.

Serviço Urgência Polivalente (SUP): Sem alterações, continuando o acesso às urgências polivalentes a ser prestado pelo hospital de Vila Real que dista 87 kms de Macedo de Cavaleiros.

Tagged under:

1 Comentar...

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    A pergunta que deixas faz todo o sentido “Estará preparado para o acréscimo?” ainda que sublinhe que não seja retórica.
    Vai depender mesmo da canalização ou não de meios para o Hospital. Tal como as vantagens de se ter um corpo clínico mais rotinado, de certa forma mais profissionalizado, também está para se provar se acontecerá com o aumento de relevância implícito para o Hospital de Bragança.
    Confesso que estou dividido quanto a julgar desde já esta política do MSaúde. Mas o teu texto expondo os factos quantitativos disponíveis e apontando implicitamente o que está em causa (maior distância aos cuidados de saúde mais qualificados versus investimento necessário no núcleo criado para “compensar” a desvantagem anterior) ajuda a esclarecer e a formar opinião.
    Venham mais!

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.