Blogs do Ano - Nomeado Política, Educação e Economia

Abono de família pré-natal – apoio à natalidade – 2007

[wp_ad_camp_1]

Na sequência deste artigo "Alterações ao abono de família 2007 – apoio à natalidade" de finais de Julho e, principalmente, na sequência do Decreto-Lei n.º 308-A/2007 de 5 de Setembro hoje publicado, retomo conforme prometido este tema, procurando oferecer os esclarecimentos que a minha interpretação permitem. E a minha primeira indicação é recomendar vivamente que todos os interessados leiam o referido decreto-lei (três páginas).

Antes de mais fica agora claro que o presente decreto lei entra em vigor a 1 de Outubro e que as normas nele contidas produzem efeitos retroactivos a contar de 1 de Setembro de 2007 nos seguintes termos (sublinhado meu):

" (…) 2 — As regras relativas ao abono de família pré -natal,constantes do capítulo II do presente decreto -lei, produzem efeitos a partir de 1 de Setembro de 2007, aplicando -se também às  situações de gravidez em curso, relativamente ao período de gravidez em falta. "

Para requerer o abono de família pré-natal será necessário obter junto da segurança social o respectivo modelo de requerimento do abono pré-natal e da certificação médica do tempo de gravidez que deverão estar em vias de ser publicados em portaria "do membro do Governo conjunta dos membros do Governo responsáveis pelas áreas da segurança social e da saúde. "

Eis algumas perguntas e respostas exclusivamente sobre o abono de família pré-natal.

Quem recebe o abono de família pré-natal?

Todas as familias que teriam direito ao abono de família, sendo o valor a receber idêntico ao que receberão durante o 1º ano de vida da criança. A tabela em vigor para o abono de família é assim a tabela para o abono de família pré-natal.

Quando passo a ter direito ao abono pré-natal?

O abono pré-natal poderá ser requerido após a 12ª semana de gravidez sendo o seu valor igual ao abono de família a que se teria direito durante o 1º ano de vida do bebé multiplicado pelo número de nascituros comprovados, ou seja, as situações de gravidez múltipla (gémeos etc) serão positivamente discriminadas.

Durante quanto tempo recebo o abono pré-natal?

O abono de família pré-natal tem uma duração de seis meses, grosso modo, do 4º ao 9º mês de gravidez.  Se a gravidez terminar antes das 40 semanas haverá um período de acumulação do abono de família pré-natal com o abono de família, precisamente até se completarem as 40 semanas.

O que tenho de fazer para receber o abono pré-natal?

Dirigir-se à Segurança Social o obter o requerimento do abono pré-natal e da certificação médica do tempo de gravidez e seguir as indicações que lhe forem dadas.

Neste texto posterior, "Majoração do Abono de família para o segundo filho e seguintes – 2007" apresento algumas notas sobre a majoração do abono de família após o segundo e demais filhos. 

Actualização (12 de Setembro de 2007):

  • No sítio da segurança social encontram-se já publicados os detalhes relativos às recentes alterações legislativas. Concretamente nesta página.
  • Como informação adicional deixa-se a ligação para os endereços dos centros de atendimento da segurança social espalhados pelo país. Nesta outra página.
Fóruns do Economia e Finanças, lançados a 15 de Setembro de 2007, não deixe de participar, colocar as suas perguntas ou testemunhar a sua experiência. Escolha o fórum adequado e participe!
Obrigado. 
 
Actualização de 1 de Outubro:
Quais os impressos necessários para requerer o abono e onde os obter?

Pode obter cópias digitais (preparadas para impressão) aqui mesmo:

Eis o impresso oficial para Requerimento de Abono de Família para Crianças e Jovens/Abono de Família Pré-Natal:

  • 1ª Parte

  • 2ª Parte

  • Instruções

Eis a Certificação Médica do Tempo de Gravidez

Fonte: Segurança Social, 1 de Outubro de 2007

Estes impressos devidamente preenchidos deverão ser entregues num posto da segurança social.

Como nota final fica ainda a ligação para um folheto informativo preparado pela segurança social sobre as novidades relativas aos abonos de família. 

156 Comentários

  • Pingback:Alterações ao abono de família 2007 - apoio à natalidade - Economia & Finanças - Todo o economista é um leigo e todo o leigo é economia

  • Pingback:Majoração do Abono de família para o segundo filho e seguintes - 2007 - Economia & Finanças - Todo o economista é um leigo e todo o leigo é economia

  • Pingback:» O “Novo” abono de família e o apoio à natialidade - aspectos práticos

  • Helena AndradeResponder

    OI
    Bom Dia
    eu tenho ADSE, e gostaria de saber, como tevo tratar para receber o Abono Pré Natal.
    Õbrigado

  • Rui MCBResponder

    Viva.
    O melhor a fazer é, a partir de dia 1 de Outubro, dirigir-se a um posto de atendimento da segurança social para recolher os formulários que lhe serão exigidos.

  • lilianaResponder

    Tenho um filho já com 9 anos,estou grávida de gémeos quais os meus direitos?

  • lilianaResponder

    E o que poderei vir eu a ganhartendo o ordenado minimo pois soou mãe solteira.

  • EuniceResponder

    Estou gravida de 4 semanas e penso pedir o Abono de Família pre-natal. Será que me podem dizer como calcula a taxa. sou casada e este será o nosso primeiro filho. Somos só nos que compomos o nosso agragado familiar.

  • teresaResponder

    Sou casada e estou á espera do meu 4º filho. Tenho uma de 10, de 5 e de 1 ano de idade de elas recebo 86 euros por mes e sou do 2º escalao. Tou gravida de 21 semanas e no principio deste mes fui á segurança social a resposta que obtive foi de que ainda nao tinham os impressos e que nem sabiam quais eram as cindiçoes para poder adquirir este abono. Eu fiquei estupfacta, pois parece que o cidadao comum anda mais informado que os proprios funcionarios da segurança social. Quanto a familias numerosas,da minha parte nao tenho mais valias nenhumas pois recebo o minimo q se pode de abono das criancas. A minha duvida tb é essa será que nao tenho direito a um aumentozinho? Sao 3 meninas e a menor compltetou um ano á cerca de 2 meses.

  • Rui MCBResponder

    Teresa,
    recomendo-lhe a leitura deste outro artigo mais apropriado para sua situação: Majoração do Abono de família para o segundo filho e seguintes – 2007 (revisto).
    Basicamente no seu caso além de ter direito ao abono pré-natal que corresponderá a 108,85€ por mês (2º escalão) passará a receber mensalmente após o nascimento do seu 4º filho: 27,22€ por cada filho com mais de 36 meses mais 27,22€ vezes 3 por cada filho entre os 12 meses e os 36 meses e o abono de família relativo aos primeiros 12 meses que será de 108,85€. Ou seja, 244,45€ por mês.
    Quando o seu 4º filho completar os 12 meses passará a receber por ele 27,22€ vezes 3 até completar os 36 meses de idade.
    Tome em atenção que só a partir do próximo dia 1 de Outubro é que esta lei entre em vigor tendo efeito rectoractivos a 1 de Setembro, ou seja, já virá a receber os 108€ relativos Setembro. Chagado o mês de Outubro é ir à segurança social novamente.
    A informação monetária que aqui expus encontra-se n a página da segurança social. É melhor verificar as contas ná vá ter-me enganado, aqui fica o endereço (basta clicar).
    Depois conte-me aqui se correu tudo bem. Felicidades!!

  • Paula ReisResponder

    Bom dia!

    Estou gravida de 32 semanas, tenho direito ao abono prenatal?
    O que tenho que fazer para o adquirir?
    E o meu 1º filho e eu e o meu marido somos os unicos agregados familiaraes, como faço o calculo do abono prenatal?

  • Rui MCBResponder

    Paula,
    no final do artigo que está lá em cima, escrito a verde, tem duas ligações, na primeira encontra a informação da segurança social que lhe permite saber os valores a que tem direito. Se as contas não me falham, se o rendimento anual do agregado a dividir por dois for inferior 14105€ deverá receber alguma coisa – dependerá do escalão em que cai (veja no sítio da segurança social: http://195.245.197.202/left.asp?03.07.01.03.02).

    Como já aqui indiquei a partir de 1 de Outubro deverá deslocar-se a um posto da segurança social para concorrer ao apoio e receber instruções e os documentos necessários.

  • mariaResponder

    Boa tarde !
    Gostaria que me informa-se sobre os meus direitos pois tenho uma filha com 6 anos e outra com 2 anos e a 4 semanas tomei conta de um menino com 6 anos que estava a ser vitima de maus tratos (primo) o que me informaram na CPCJ é que só teria direito ao abono , o que me deixa muito indignada pois é apenas uma criança entre muitas que por vezes não são ajudadas porque o estado tambem não encentiva, pois está numa idade que precisa muito de acompanhamento tem problemas de saude e é só o meu marido a trabalhar!

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Maria,
    Note que a lei ainda não está em vigor. Mesmo tendo só direito ao abono este deverá triplicar para a sua filha de dois anos até que ela faça 3 anos.
    A nova lei entra em vigor no dia 1 de Outubro com efeitos rectroactivos a 1 de Setembro.
    A entrada de um elemento adicional no agregado poderá ainda fazer mudar o escalão do abono a que tem direito (aumentando o valor do abono para todas as crianças), ainda que essa situação possa só vir a ser corrigida com a nova declaração de rendimentos. Convém informar-se sobre isso na segurança social pois já recebi relatos de algumas falhas nesta matérias.
    Para terminar: recomendo vivamente que se desloque a partir de 1 de Outubro a um centro de atendimento da segurança social para que atualizem o abono e para saber se há mais alguma apoio a que possa concorrer.

    Cumprimentos.

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Amigos,
    os fóruns estão aí para serem testados e usados. Será ainda uma versão alfa mas julgo que já dá para cumprir. Podem aceder por aqui. Ai encontram fóruns sobre:
    – Reembolso IRS 2007
    – Abono Família pré-natal
    – Majoração Abono Família
    – Depósitos a prazo
    – Actualização Rendas 2007 e 2008

    Mas sob sugestão poderemos criar outros se houver interessados.

    Há já alguns tópicos por lá. Digam de vossa justiça e participem.
    Nos próximos dias farei a promoção no blogue e por e-mail.
    Bom fim de semana!

  • Ana martinsResponder

    tenho 23 anos e estou gravida de 16 senanas. o agregado familiar é composto por mim e pelo meu marido. so o meu marido é que trabalho, eu nao tenho emprego nem nunca tive.tenho direito ao abono pré-natal? o que é preciso para pedir o abono?

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Ana,
    Se as contas não me falham, se o rendimento anual do agregado a dividir por dois for inferior a 14105€ deverá receber alguma coisa – dependerá do escalão em que cai (veja no sítio da segurança social: http://195.245.197.202/left.asp?03.07.01.03.02

    Como já aqui indiquei a partir de 1 de Outubro deverá deslocar-se a um posto da segurança social para concorrer ao apoio e receber instruções e os documentos necessários. Só nesse altura é que a novva lei entra em vigor ainda que tenha efeitos rectroactivos a 2 de Setembro.
    Se houver algo que contar passe por aqui ou pelo fórum (https://economiafinancas.com/forum/) para deixar algum detalhe que possa ajudar outras pessoas.
    Muitas felicidades!

  • veraResponder

    boa tarde, tou gravida de seis meses, so sou eu e o meu marido este e o nosso primeiro filho, tenho algumas duvidas o valor a definir pelo abono pré natal e consuante os ordenados? apartir de quando me poderei deslocar a segurança social? e que docimentos levar para comprovar? terei de levar algum papel da entidade patronal? obrigado

  • Marina CarreiroResponder

    Olá!!
    Estou grávida de 6 meses, vai ser o meu primeiro filho.
    Queria saber se tenho direito ao abono pré-natal?
    E o que devo fazer para tal?!

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Vera e Marina,
    Por favor leiam as respostas aos comentarios anteriores e/ou sigam as ligacoes indicadas. Ha’ por la’ a info que procuram. Isto para nao me estar a repetir.
    Felicidades!

  • maria vilma rodrigues ferreiraResponder

    olá.
    estou gravida de 30 semanas é o meu primeiro filho trabalho eu e meu marido gostaria de saber se tenho direito a receber esse abono?obrigado

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Maria,
    Depende do rendimento conjunto do agregado. Terá direito ao abono prenatal se tiver direito ao abono de família clássico.
    No comentário meu (mais acima, no nº 17) tens dados que interessam para o seu caso.
    Feicidaes!
    (E visite o fórum sobre o assunto aqui no E&Finanças 😉 )

  • maria vilma rodrigues ferreiraResponder

    quer dizer se o nossso rendimento juntos for o minimo temos direito ao abono prenatal mais ñ entedir o que tem haver o abono familia classico por que esse ñ recebo por que tambem nunca procurei saber se tenho algum direito sobre ele e quer dizer então se eu ñ recebo o abono familia classico talvez ñ tenha direito ao abono prenatal.brigado

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Quem tem direito a um, tem direito ao outro. O critério de acesso é o mesmo. O abono pre-natal funciona como o abono de familía só que passa a ser dado após a 12ª semana de gravidez (e não apenas após a criança ter nascido).
    O abono depende do rendimento e conforme o rendimento assim será o valor a receber (há escalões diferentes).
    Se o rendimento do agregado dividido por dois (esta conta serve para agregado com dois adultos e um filho nascido ou a caminho) ultrapassar os 14105€ por ano não deverão receber nem o abono pré-natal nem o abono de família.
    Se o rendimento for inferior o que tem a fazer é, no início de Outubro, ir com a declaração de rendimentos (notificação do IRS) à seg. social para saber se tem direito ao abono pré-natal. Se a resposta for positiva logo lhe diram que aspectos burocráicos adicionais terá de satisfazer.

    Se houver desenvlvimentos do seu caso e aqui quiser deixar testemunho de modo a ajudar outros, disponha.
    Felicidades!

  • maria vilma rodrigues ferreiraResponder

    ok muito obrigo!

  • cristinaResponder

    ola
    estou gravida de 8 semanas ainda n estou no tempo compreendido para ter acesso ao subsidio..mas faço tensoes de me inscrever…mas tenho uma pequena duvida, o meu marido esta desempregado e eu tenho um salario base de 431 euros terei direito ao subsidio?

    obrigado

  • MariaResponder

    Olá…

    Quando se fala que se pode receber deste abono se o de rendimento anual do agregado a dividir por dois for inferior 14105€, este rendimento é o rendimento bruto ou é o rendimento depois das deduções específicas?

    Obrigada

  • AlexandraResponder

    Olá!

    Estando eu inscrita na ADSE onde posso requerer o abono pré natal? Qual é a instituição que me vai pagar (ADSE ou Segurança Social? Os médicos já se encontram informados acerca deste abono e a forma de fazerem os relatórios comprovativos do tempo de gestação?

    Obrigado pela atenção dispensada.

  • Rui MCBResponder

    Maria,
    Sem pôr as mãos n fogo eu estou convencido que é o rendimento bruto.
    Alexandra,
    1ª pergunta: não sei como funciona.
    2ª pergunta: boa pergunta.
    Comentário final: lamento não ser de maior auxilio, o melhor mesmo é investir temp na seg. social. Quanto aos médicos a experiência que tenho dos que servem nos centors de saúde é a de que rapidamente ficam a par das novidades a este nível, mas dependerá sempre da gestão do dito centro e da comunicação atenpada das estruturas da seg. social.
    Quando tiver respostas, diga coisas.
    Felicidades!

  • Rui MCBResponder

    Cristina,
    o que interessará é o rendimento bruto do agregado no último ano civil completo anterior ao momento em que se pede o abono, neste caso o que interessa é o rendimento anula do agregado ao longo de 2006 e não o rendimento mensal presente. Mas se a situação for parecio com a que descreve a nível mensal certamente terá direito ao abono e a um valor bem simpático pois está bem abaixo do limiar máximo.

  • Ana MartaResponder

    Olá, bom dia estou grávida de 8 meses sou solteira, e estou a espera de nacionalidade portuguesa que espero saír em breve e ainda por cima desempregada tnho algum direito ao apoio de natalidade pelo menos?

  • paula piresResponder

    olá
    estou um pouco confusa com isto tudo, pois eu fui a segurança social na semana de 15 de setembro para ir buscar os papeis dos abonos e licenças de maternidade e paternadade e perguntei sobre este abono e o que me disseram foi que ainda nao sabiam de nada. tenho uma filha que vai fazer 2 anos dia 11 de outubro e tive agora um menino que nasceu de 41 semanas no dia 21 de setembro afinal tenho ou nao direito a este subsidio. obrigada.

  • Rui MCBResponder

    Ana Marta,
    Está inscrita na segurança social?

    Paula Pires,
    Provavelmente foi à seg. social antes de tempo. O mais certo era lá não saberem ainda os detalhes da lei que entrou hoje em vigor. O melhor é ir à seg. social a partir de agora.
    De qualquer forma, se os seus rendimentos (do seu agregado) forem tais que tem direito ao abono de família “normal”, terá também direito à majoração para o 2º e demais filhos com idades entre os 12 e os 36 meses. Ou seja, receberá a majoração quando o seu filho mais novo chegar a essa idade.
    Quanto ao abono pré-natal tem efeitos rectroactivos a contar de 1 de Setembro pelo que ainda deverá ter direito a 21 dias.
    Felicidades!

  • Sara PereiraResponder

    Boa Noite!!
    Ja preenchi e entreguei os impressos na segurança social.Como posso saber se vou ter direito ao abono pré-natal??por favor respondam..

  • Rui MCBResponder

    Sara,
    Depende do rendimento bruto anual do seu agegado familiar e da respectiva composição.
    O Exemplo aqui já dado para uma família de dois adultos que esperam o primeiro filho indica que se o rendimento bruto anual dividido por dois for inferior a 14105€ deverá haver direito a abono pré-natal e posterior.

  • Pingback:Actualizações nos arquivos e nos fóruns - apoio à natalidade - Economia & Finanças - Todo o economista é um leigo e todo o leigo é economia

  • patriciaResponder

    OLA BOA NOITE !!
    A MINHA FILHA NASCEU DIA 29 DE JULHO DE 2007 TEVE DIREITO AO 2º ESCALÃO SERA QUE NAO TEM DIREITO A MAIS NADA?? E EU NAO TIVE QUALQUER DIREITO DA SEGURANÇA SOCIAL…E DA NOVA LEI NAO TIVE DIREITO A NADA PK???
    OBRIGADO POR A ATENÇÃO
    AGUARDO RESPOSTA
    PATRICIA

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Acho que a mensagem da seg. social com isto supostamente seria: “então, tenha outro filho!”, mas não sei se será com estes abonos que irão convencer alguém.
    No seu caso, de facto, a criança nasceu cedo de mais e o irmão ainda nem vem a caminho por isso…

    Felicidades!

  • AlexandraResponder

    Olá!

    Continuando com as minhas dúvidas… Já me informei e devido ao facto de eu trabalhar numa junta de freguesia, quem paga os abonos de família é a própria junta de freguesia e provavelmente acontece o mesmo para este abono pré natal. Mas o que me foi dito é que posso pedir o abono pelo meu marido (segurança social) e pedir o cartão da ADSE para a criança para beneficiar dos apoios médicos.
    Mas quando souber de mais alguma coisa em concreto eu dou notícias.

  • MargaridaResponder

    Bom Dia
    Tenho ADSE, e gostaria de saber, como tevo tratar para receber o Abono Pré Natal.

    Obrigado

  • Maria Manuela S.B.Responder

    Boa Tarde,

    Quero apenas confirmar se percebi!
    tenho 3 filhos um com 7 anos que recebe 27.22€ e o outro com 3 anos que recebe tambem 27.22€ e nais nada irão receber.E tenho a bebé com três meses que irá receber 108,85€ mais 27.22€ a triplicar que tudo sumado dará 190.51 € até ela fazer os 12 meses,após destes irá receber apenas os 27,22 a triplicar até aos 36 meses.

    Obrigada,

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Boa tarde Maria,
    tenho 3 filhos um com 7 anos que recebe 27.22€ e o outro com 3 anos que recebe tambem 27.22€ e nais nada irão receber.
    Certo.

    E tenho a bebé com três meses que irá receber 108,85€ mais 27.22€ a triplicar que tudo sumado dará 190.51 € até ela fazer os 12 meses,após destes irá receber apenas os 27,22 a triplicar até aos 36 meses.
    Não é bem asim. No 1º ano receberá apenas os 108,85€
    Depois disso é que receberá os 27,22€ a triplicar até chegar aos três anos.
    Não é propriamente um grande incentivo não é verdade? Enfim, um acréscimo simbólico como num assomo de honestidade ouvi da boca de um ministro.

  • cristinaResponder

    boa noite .acontece o seguinte,como ja th dito th 4 filhos com idades,16,,11,5,,2,,anos e estou gravida de 4 meses .
    mas nao th i r s ,,nem declaraçao a zeros ,o que devo faser ? responda por favor

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Se iniciou os descontos para a segurança social, mesmo não tendo ainda declaração do IRS, deve dirigir-se ao posto da seg. social mais próximo da sua residência (http://195.245.197.202/) e expôr a sua situação com o objectivo de vir a receber quer o abono pré-natal quer a majoração a que tem direito.

    A sua situação não será tão rara quanto isso. Todas as pessoas que declaram rendimentos há menos de um ano (que estejam empregados para 1ª há menos de um ano por exemplo) estarão nessa situação.
    Depois conte como correu.
    Felicidades!

  • sofiaResponder

    ola e o seguinte tenho 3 filhox um tem 4anx outro 23meses e outro nasceu mes 08-2007 que direitos tenho….inda tenho direito ao abono a dobrar do bebe de 23meses?ja n da pa receber o abono k saiu novo para o bebe?espero que me responda obrigado

  • Rui MCBResponder

    Olá Sofia,
    Nos comentários anteriores encontra respostas que se ajustam ao seu caso (bem como no fórum).
    De qualquer forma: tem direito ao abono a dobrar para o filho com 23 meses, aliás, não será a dobrar mas a triplicar pois já tem três filhos. E o filho mais novo quando fizer 12 meses passará também a receber a triplicar até aos 36 meses.
    Quanto ao abono pré-natal suponho que só se aplique a crianças nascidas após 1 de Setembro, mas de qualquer forma não perde nada em confirmar junto da seg. social.

  • CarlaResponder

    Ola a todos! parece que as dúvidas persistem…
    A minha é a seguinte: hoje fui entregar os documentos para requerer o abono pré-natal uma vez que estou gravida de 6 meses. Acontece que pediram-me uma cópia da declaração de irs de 2006 e como fui estudante até outubro desse ano, tendo trabalhado só Novembro e Dezembro, surjo como dependente na declaração de irs do meu pai com rendimentos iliquidos de 2200€. O que se passa é que desde Outubro de 2006 que moro sozinha nos açores e o meu agregado familiar não se mantém… Como irá então ser calculado o valor de referência? será que vão pegar no valor dos rendimentos do meu agregado ou apenas no valor dos meus rendimentos?? Espero resposta. Obrigado.

  • Rui MCBResponder

    Não lhe sei responder Carla. Nessas situações de inicio de carreira contributiva não sei qual a prática a seguir. Em todo o caso cedo ou tarde deverá acabar por receber de acordo com o rendimento do seu actual agregado familiar. Agora os trâmites até se chagar a essa conclusão … Pode ser que surge alguém mais rotinado que saiba a resposta ou então é esperar mesmo pela resposta da seg. social.
    Coloque a pergunta no fórum pode ser que surja alguém mais esclarecido: https://economiafinancas.com/forum?forum=2&page=1

  • maria vilma rodrigues ferreiraResponder

    olá boa noite!
    ja preenchir os empressos e ja os entreguei quanto tempo é que demora pra saber de alguma novidade ?

  • Rui MCBResponder

    Boa pergunta Maria. O processo ainda é demasiado recente para haver histórico para responder a essa pergunta. A Maria provavelmente vai ser das primeiras a receber. Depois conte.
    Felicidades.

  • cristinaResponder

    Bom dia por favor me tire uma duvida estou grávida mas nuca fiz descontos para a Segurança Social pois sou dependente do meu marido ( que sempre fez descontos ) e gostaria de saber se tenho direito ao Abono de Família Pré-natal e já agora o rendimento anual do meu marido é de 13000€ (IRS de 2006 ) que escalao ele é ?
    desde já agradeço
    cristina

  • carinaResponder

    olá…
    estou grávida de 13 semanas gostava de saber se tenho direito ao abono uma vez que o meu namorado está desempregado e eu estou a ganhar mensalmente 450 euros…os meus cumprimentos

  • kamilaResponder

    ola boa tarde! estou gravida de 32 semanas e nao recebi o abono ainda , mora eu e meu marido mais so ele que faz descontos , tb tenho direito do abono ou nao?

  • Rui MCBResponder

    Kamila, tem que ir à segurança social pedir o abono pre-natal. Vão lhe pedir para preencher uns impressos para comprovar que está grávida.
    Pode imprimir ou visualizar os impressos (veja os links no fundo do artigo que escrevi lá em cima) e dar uma olhada.

    Desde que um dos país da criança desconte (e seja residente) julgo que não há qualquer problema, tem direito a tudo.
    Muitas felicidades.

  • kamilaResponder

    ola boa noite sou brasileira e meu marido tb, e ele trabalha e faz descontos , estou grsvida de 32 semanas mais nao sei se posso receber o abono familia o que devo fazer ?

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Kamila,
    tem que ir à segurança social pedir esclarecimentos. (veja a resposta que lhe deixei no comentário anterior).

  • JoanaResponder

    Ola,

    Venho por este meio demonstrar toda a falta de profissionalismo que ha neste pais, especialmente quando é para ajudar alguem. Parece que querem “ganhar tempo”, dificultando assim, a vida das pessoas. Hoje, dia 14 de Novembro, é a NONA vez que me dirigo ao centro de segurança social, com o intuito de entregar os impressos devidamente preenchidos para poder usufruir do amistoso abono pre-natal. É triste, porque as tres primeiras vezes que me dirigi ao centro (duas das vezes, já passava o dia 1 de Outubro), a resposta foi conclusiva: “Não temos impressos” ou “Ainda não sabemos como é que isso vai funcionar…” – Lamentavel, nao vos parece? Sera que as pessoas que trabalham na Seg. Social não tem formação adequada para responder aos seus utentes?? Com certeza que não. La voltei eu ao meu trabalho, mais uma vez atrasada e sem nada por resolver. Nao tardaria nada, perderia o emprego. E este, a segurança social não mo devolve com retroactivos. A minha frustração agravou-se quando, feliz da vida, me ligou uma amiga dizendo que ja tinha os impressos e que tinha uns modelos para mim. Corri a preenche-los devidamente, imprimi a minha folha de IRS do ano anterior, o meu NIB, levei o impresso do medico completamente preenchido, e lá fui eu, para mais uma fila, entregar os documentos REQUERIDOS. De notar que perdi uma manhã de trabalho inteira, e que desta vez o meu Patrão já não esboçou o mesmo sorriso de compaixão que habitualmente fazia. Numero 186. Chegou a minha vez! Sento-me e digo Bom Dia. Não ha feedback. Oito minutos depois ouço um maravilhoso e entusiasta “Diga?”. Acaba com a boa disposição de qualquer um. A menina disse-me: “Isto esta tudo mal preenchido!” – Foi uma alegria! Acreditem que a minha formação é bem maior que a dela, e garanto-vos que nada estava mal preenchido. O que aconteceu foi que a Seg. Social não colocou determinadas lacunas nos impressos e achou que tanto eu, como o medico iriamos adivinhar o pressuposto. Tao inteligentes. La fui eu, para o meu emprego, pedir desculpa mais uma vez ao meu patrao… No final do dia fui a correr ao meu obstetra, para que ele delicadamente me escrevesse no impresso o que elas me pediram: “É necessário que o médico diga que na data presente se encontra de x semanas, senao nos nao sabemos se ja abortou!” – Eu estou gravida desde Maio, a minha barriga já nao dava para esconder. Como é evidente o meu medico ficou fulo, porque eu nao sou a unica paciente e porque ele ate nem tem mais do que fazer. Recusou-se a escrever porque disse que não é ele que tem que escrever isso. Com toda a razao. La voltei, 4 dias depois, e disseram-me que estava tudo mal, que as datas nao corrspondiam, que podia ter sido eu a escrever, que faltava a vinheta… CHEGA!!!!!! Hoje vou voltar la, pela nona vez, e nao saio de lá enquanto nao resolver o problema. Nem que fique la barricada. Pode ser que me vejam na televisão. Chega de gozo. Isto é suposto ser um incentivo, não gozo. Nem que o meu filho nasca la, eu nao saio de la sem me resolverem o problema. Obrigada pelo desabafo. Se me puder dizer onde é que eu me posso realmente queixar, eu agradeço. Quero envergonhar esta gente. Quero deixar bem claro que comigo, nao gozam mais.
    Saudosos cumprimentos.

  • Pingback:Problemas na implementação do abono de família pre-natal - Economia & Finanças - Todo o economista é um leigo, todo o leigo é economia

  • daniela bragançaResponder

    oi, boa tarde eu estou gravida de 35 semanas e tenho um filho ja com 16 meses e queria saber se vou a receber o abono pre-natal e quais os meus rendimentos para os meus 2 filhos

  • gislaineResponder

    olá eu ja dei entrada no abaono a mais de 1 mes e aind a nao tive nenhuma resposta , tenho o comprovante com o numero do recibo mas nao localizei na pagina da segurança social onde pudesse me informar sobre o prazo ,
    acho o incentivo muito bom , mas se é para ajudar logo no inico da gravidez , pq nao começam a depositar , esperar que o bebe nasça também nao ajuda muito , onde posso verificafr quando começo a receber?
    obrigada

  • RosamariaResponder

    Olá gostaria de saber se existe alguma regra para receber o abono,eu e meu marido trabalhamos e temos um filho de 4 anos e um bebe de 45 dias,qual é o nosso direito e por qto. tempo.
    Obrigada
    Rosamaria

  • leilaResponder

    estou gravida de 10 semanas e 1 dia e irei fazer a 1.ª ecografia obstretica na 11.ª semana, só que só tenho direito ao abono pré-natal quando estiver com 13.ª semana, então irei entregar os imrpenssos e a declaração médica na segunda ecografia que devera ser quando eu tiver 20 semanas, a minha dúvida é se vou receber o abono p´re natal tambem da 13.ª semana até a 19.ª semana, vistoq ue só iriei tratar do abono quando tiver 20 semanas.
    o meu obrigada
    leila alves

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    A atribuição do abono é retroactiva e o valor global a receber não depende do momento em que o que vai requerer (sendo que como disse só se aplica a partir da 13ª semana). Felicidades.

  • AçucenaResponder

    A minha filha tem 24 meses e estou grávida de 19 semanas. já entreguei os papéis de pré – natal em Novembro de 2007. Quando começarei a receber este subsídio? e haverá alteração no abono da milha filha?

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Quando receberá não sei, em breve. A sua filha de 24 meses deverá ver o abono duplicado até completar os 36 meses mas apenas após o nascimento do bebe (2º filho).

  • Inês GouveiaResponder

    Olá!

    Tou grávida de 13 semanas. Gostaria de saber se tenho direito a abono pré natal, uma vez q me encontro a trabalhar no estrangeiro. Do ano 2007 tenho 2 meses de descontos feitos em PT. Uma vez q tb n consigo ainda as ajudas no país onde resido por cá estar há pouco tempo, n sei por onde pedir ajuda.
    Outra dúvida, o rendimento per capita será apenas o rendimento brutos do agregado familiar (eu `marido) a dividir por 2 ou já a dividir por 3, p contar c a criança q aí vem.

    Obrigada

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    O rendimento é a dividir por 1 adulto mais o número de crianças em causa. Quanto aos direito associados à sua situação não lhe sei responder.

  • LuisaResponder

    Bom dia,

    Estou grávida de 13 semanas e sou mâe solteira, dirigi-me a Segurança Social da minha zona de residência a solicitar o impresso para o subsidio pré natal e alguma informação, a única informação que me deram foi que tenho que por o rendimento de 2006, o que acontece é que em 2006 trabalhei até Junho e fiquei desempregada tendo recebido o subsidio de desemprego até Dezembro de 2007, a partir de Janeiro de 2008 estou com o subsquente no valor de 318,00€.
    O que gostaria de saber é se os calculos vão ser feitos referente ao ano de 2006, ou é na base do que vou receber agora (318,00€/mês), pois agora o meu rendimento é muito inferior.
    Obrigada.

  • carla sousaResponder

    ola!sou casada trabalho e ganho o salario minimo.o meu marido ganha a volta dos 650 euros.temos um filho com 4 anos.Estamos a pensar ter outro filho,mas queria saber se tenho direito a recebero abono prenatal.Disseram-me que tenho direito a receber tambem por ser o 2ºfilho,é verdade?qual o valor?

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    O determinante para saber quanto vai reeber é o rendimento bruto do agregado familiar no ano anterior a dividir pela soma entre 1 adulto e o nº de filhos.
    No seu caso muito provavelmente terá acesso ao abono pre-natal e terá direito à majoração do abono de família quando o filho que vem a caminho tiver entre 13 e 36 meses.
    Cosulte mais informação nos vários artigos do fórum: https://economiafinancas.com/forum/

  • natercia silvaResponder

    Bom dia,
    Eu fiz o pedido de abono de familia pré-natal em que o rendimento bruto global anual da familia é 24177€, 2 nascituros, não tenho outros filhos além destes que vão nascer e resido no continente. Fiz o calculo de abono a receber no vosso simulador do site e fiquei colocado no 3º escalão. entretanto recebo o primeiro cheque da seg. social que me enquadra no no 4º escalão.
    perante os factos gostaria que me informassem em que escalão eu realmente fico porque algo não está bem: ou o vosso simulador online ou o montante que recebi.
    Obrigado

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Natercia, a que simulador se refere?
    E a que ano se refere o rendimento bruto global anual? 2006 ou 2007? Pode estar aí a explicação, mas sem mais dados é me difícil simular de acordo com o IAS aplicável e com os escalões.
    Espreita este artigo que acabei de editar.

  • NaterciaResponder

    O simulador a que me refiro é o da segurança social online.E o ano é o do rendimento bruto anual do ano 2006 espero ter lhe dado mais alguns dados par poder me ajudar. obrigada.

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Natércia, de facto fiz dois testes e em ambos chego à mesma comclusão que o simulador: 3º escalão. Ainda que o simulador,possa já estar calibrado para rendimentos de 2007. Admitindo que em 2006 se aplicava ainda o Salário Mínimo Nacional (385,90 €) e não o IAS, o 3º escalão seria de 5402,6€ a 8103,9€, sendo que o rendimento da Natércia é de 8059 (ou seja, 24177/3). Assim sendo o que lhe recomendo é que se dirija à segurança social para que lhe esclareçam onde está o seu (nosso) erro (se é que não foram eles que se enganaram).
    Depois conte como correu.

  • Rosa DiasResponder

    Bom dia,

    Sou estudante e estou grávida de 12 semanas. Decidi ter o bebé sozinha mas não tenho quaisquer rendimentos a não ser a mesada que recebo dos meus pais para estudar. Sem rendimentos posso requerir o abono de familia pré-natal?
    Significa isto que tenho rendimentos 0? Agradecia quem me tirasse as duvidas…

  • martaResponder

    boa tarde
    ja entreguei todos os documentos necessarios a seguranca social para o efeito do subsidio de prenatal. mas ate a data de hoje nao recebi nada e estou com seis meses de gravidez e desempregada gostava de saber quando sera feito o pagamento.

  • martaResponder

    ola boa tarde
    ja entreguei todos os documentos necessarios para o susidio de prenatal e ate a data de hoje ainda nao recebi nada e estou actualmente com seis meses de gravidez e desempregada gostaria que me dissessem o que se esta a passarr visto que na seguranca social da minha cidade nao me dao respostas apenas pedem para aguardar mas o tempo vai passando e estou desempregada e o meu marido so recebe o ordenado minimo.penso que se este subsidio existe e para ser comprido e nao so quando o bebe nascer.porque e agora que nos futuras maes precisamos.obrigada pela vossa atencao.

  • ClaraResponder

    Boa noite.

    Gostaria de saber se há alguma forma de informar a segurança social do meu NIB sem ter de perder uma manhã inteira em filas com impressos? Obrigada. Clara

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Clara,
    há uns meses tie de fazer isso e a única forma foi mesmo perder a manhã. Não sei se entretanto algo mudou para melhor.

  • MariaResponder

    Bom dia,

    Estou grávida de 13 semanas. Moro com o meu companheiro há menos de 2 anos. Assim sendo, aquando da minha apresentação pª o abono pré-natal, devo de apresentar os rendimentos individualmente ou em conjunto? Isto porque também ñ declaramos os nossos rendimentos em conjunto. Qual a melhor solução? (Ainda não entregamos a mod.3 IRS – 2007)
    Agradecia um parecer,

    Obrigado,
    Cmpts
    Maria

  • Mr PResponder

    Bom Dia Maria,
    Na minha humilde opinião deveria apresentar rendimentos sózinha. Ainda que na prática já não seja essa a situação, a Segurança Social para efeitos de calculo de abono de familia tem sempre em conta o ultimo ano de rendimentos. Como ainda não submeteram a declaração de rendimentos de 2007, considera-se em vigor para esse efeito, a de 2006.

  • deniseResponder

    ola eu tenho 17 anos moro com o meu companheiro de 21. esto gravida de 16 semanas e nunca trabalhei na vida e gostava de saber se tenho direito ao abono pre natal…
    obrigado

  • CarlaResponder

    Boa Tarde

    Estou grávida de 12 semanas. Este será o meu segundo filho. Acontece que não sei se tenho ou não direito ao abono pre-natal, uma vez que me foi retirado este ano o abono de familia para o meu filho de 5 anos em idade escolar, porque o meu escalão do IRS aumentou devido a venda de uma casa. O meu agregado familiar é composto por mim, meu marido, meu filho de 5 anos e este novo bebé. O que devo fazer ?, tenho direito a alguma coisa ?

    Obrigada

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    O melhor é ir à segurança social e tirar teimas, digo isto porque uma vez que o agregado familiar irá aumentar pode ser que volte a descer de escalão de IRS (o mesmo rendimento a dividir por mais uma cabeça).

    Felicidades!

  • joana isabel pereira loureiroResponder

    o abono de familia do meu filho tem o pai,porque ele antes vivia comigo na casa dos meus pais.
    agora já não esta a vivaer comigo porque ouve zanga entre o meu pai e ele.
    ele ainda tem o abono em nome dele.
    o que faço para que o pai do meu filho não tenha problemas a conta disso.
    se ponho em meu nome estou a tirar a costódia?

  • elianeResponder

    ola boa noite! quero saber se tenho direito ao abono pré natal, pois aqui em casa eu e meu esposo trabalha?

  • mónica carneiroResponder

    olá boa noite,eu estou a receber o abono pré natal,mas gostaria de saber quais são os direitos que meu companheiro também exerce sobre o nascimento do bébé,não estamos casados,apenas união de facto,a profissão de meu companheiro é gnr.
    agradeço o esclarecimento,obrigada

  • Ana Cristina BarbosaResponder

    Boa tarde tenho duvidas a onde me devo deslocar para receber o abono pre-natal pois tenho a ADMG?

  • Isa C. MachadoResponder

    Boa tarde, fui mãe de gemeos em Novembrode 2007 e ainda não consegui requerer,tanto o abono pre-natal como o abono uma vez que nos serviços onde trabalho pedem o comprovativo das notas de liquidação do IRS 2005 e 2006, so sendo possivel entregar as minhas.
    Tenho feito diligências junto da Repartição de Finanças da antiga morada fiscal do meu marido, no sentido de as obter por outra forma, mas está a ficar complicado e o prazo (6 meses) termina ja dia 29/5.
    É possivel pedir um adiamento do prazo? A ADSE pode fazer a exigência destes comprovativos ou será melhor pedir pelo meu marido á Segurança Social? Desde quando teria de receber retroactivos?
    Obrigada.

  • andreia ferreiraResponder

    ola bom dia
    gostaria de saber se posso imprimir no site da segurança social os formolarios para o requerer o abono pré natal?
    ja agora tenho um filho com 6 anos e tou gravida de 12 semanas e neste momento vivo na casa dos meus pais e estou separada do meu marido mas como pude ver em algumas respostas ao requerer o abono prenatal tenho de levar o rendimentos do ano anterior onde obviamente consta o meu ex marido mas como tou separada dele gostaria de saber tambem se isso implica em alguma coisa.

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Andreia
    Sim pode imprimir e preencher.
    Quanto às outras questões o melhor mesmo é deslocar-se à segurança social em busca de esclarecimento. E depois se quiser deixar aqui a resposta, agradecemos.
    Felicidades!

  • Adilson SantosResponder

    Boa noite
    A minha filha nasceu prematura de 1 mês, a 19 de Set de 2007. Pedimos o abono pré-natal e só nos pagaram o mês de Setembro alegando que a retroactividade dessa lei só cobria esse mês. gostaria que me eluidassem sobre isso. Temos direito aos 6 meses? E em relação à acumulação do abono de familia pré-natal com o abono de familia? Obrigado

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Adilson, a informação que recolhi aponta para que lhe deram a resposa correcta. A lei hoje é retroactiva no sentido emáque o abono pré-natal pode ser pedido logo a seguir Às 12 semansa mas também depois disso.. Agora no seu caso apanharam o início de vigência da lei não tendo o Estao permitido que quem já estava em plena gravizez pudesse reclamar retroactividade. O “mundo” para esta lei começou memso em Setembro.
    A abono de família pré-natal precede o abono de família. Quando a criança nasce é substituido pelo abono de família.
    Felicidades.

  • Susana RodriguesResponder

    Boa noite,
    Eu estou com uma duvida, Já estou junta com o meu namorado vai fazer 3 anos e este ano já fizemos o irs em conjunto mas eu em maio fui pedir o abono pré natal e no agregado familiar só coloquei os meus rendimentos isso vai dar algum problema?

  • eveliseResponder

    tem uma jovem de 17 anos que teve filhos gemeos,na sua casa moram ela e sua mae,que e domestica e atualmente esta desempregada,seus bebes nao mamam no peito,porque nao tem leite,os leites sao caros.estao vivendo com a ajuda de alguns vizinhos.gostaria de saber se ela pode ter algum beneficio governo ou da cidade.obrigada

  • Rui CastelarResponder

    Boas gostava de saber se tendo já uma filha com 2 anos e estando a minha esposa gravida de dois meses quanto sera o abono e se a minha filha mais velha
    não teria direito as novas leis sendo que estamos no 2ºescalão
    Obrigado

  • Patricia MonteiroResponder

    Olá boa tarde! Gostava de saber se quem tem um irs alto terá direito ao abono de família pré-natal. Obrigada!

  • Vera MaiaResponder

    Boas, estou grávida de 13 semanas do meu 2º filho, estou a receber, pelo 1º o Abono clássico, 1º escalão, penso eu, recebo 32 euros e qualquer coisa. Quando me dirigi à Seg. Social a pedir os documentos para o Abono pré-natal disseram-me que eu tinha de trazer a Declaração de IRS do pai. O que se passa é que o pai não vive comigo, é também pai do meu 1º filho mas não tem nenhuma responsabilidade financeira para com o filho, nem irá ter com este novo bébé, eu assim o desejo. Eu estou desempregada e já não trabalho à uns 2 anos, os meus rendimentos é de trabalhos esporádicos a negro e de ajudas da familia. Por isso, gostava de saber se é realmente preciso eu levar a Declaração de IRS do pai, visto que ele não vive comigo nem me dá dinheiro?! Sou solteira.
    Obrigada.

  • Joana FernandesResponder

    Bom dia,
    Eu fiz o pedido de abono pré-natal em 22/04/2008, quando tinha 13 semanas, agora já tenho 30 semanas ainda não recebi o subsídio.
    Como é que posso saber quando é que o vou rceber, uma vez que a Segurança Social não me sabe dizer?
    também gostaria de saber qual o calculo que tenho de fazer para uma simulação de quanto vou receber?
    Obrigada.

  • Carla AlexandraResponder

    Boa noite, podiam-me informar como calculam o escalão pro Abono pre natal? Visto que o meu marido esta na Espanha isso influencia no calculo?
    Obrigada

  • sofiaResponder

    Estou no primeiro escalão , estou grávida de 22semanas , tenho 2 filhos com 10 e 6 anos .
    Quero saber quanto vou receber de abono ?

  • anaResponder

    ola
    eu queria saber quanto vou receber de abono do meu filho. eu estou desempregada e o so meu marido é que trabalha o nosso rendimento familiar foi de mais ou menos 8000 euros, que escalao a que escalao pertence. o que mais se recebe pelo nascimento de um filho é so os abonos ou é mais alguma coisa.
    quanto tempo demora para comocarem a pagar os abonos. obrigada

  • sofiaResponder

    estou gravida de 22 sememas tenho mais 2 filhos e estou no 1 escalao quero saber quanto vou receber de pre natal e depois quanto vou receber de abono depois de ter o 3º filho obrigada

  • TANIAResponder

    ola tenho tres filhos um com 12anos um com 6 e um bebe com 6meses e tenho o primeiro escalao mas como veio esta nova lhei gostaria de saber quanto vou reseber por mes obrigada

  • rosaResponder

    ola ouvi dizer que ouve uma nova lei que e ajuda a mulheres separadas gostava que tirasem me essa duvida obrigadae tenho 3 filhos menores

  • AnónimoResponder

    ola porque nao dao resposta a minha pregunta ?estou sempre a espera da resposta obrigado tania

  • bernardeteResponder

    Olá!Completei as 13 semanas de gravidez em Junho.Na altura fui à secretaria dos meus serviços e entreguei a documentação necessária para obter o subsidio pré-natal. Como já tenho uma filha, cujo abono de familia recebemosatravés do vencimento do meu marido, a funcionaria dos meus serviçoa informou-me que, afinal, a documentação deveria ser entregue nos serviços do meu marido. Por sua vez,de lá, informaram que deveria ser nos meus serviços, pois é a mulher que recebe este subsidio. Voltei aos meus serviços e entreguei em Julho, de novo os documentos. Pagaram-me em Agosto o valor a que tenho direito mensalmente, mas sem retroativos! Perdi dois meses(Junho e Julho)! SEgundo a funcionaria, só a partir da data quese entregam os documentos é queo subsidio é pago!
    É assim????

  • Anarian AndradeResponder

    Olá, dei entrada no abono pré-natal em 15 de maio de 2008 e até o presente momento~não recebi nada, fui até um posto da Segurança Social em Sintra e deram-me a informação que poderia demorar mesmo e que eu já podia dar entrada no abono familia. A minha filha completa 02 meses, vou receber o retroativo?
    Obrigada

  • Andreia MartinsResponder

    Boa tarde…
    é o seguinte , estou com 34 semanas e 2 dias de gestação ,sou solteira, trabalhei 9 meses a descontar para a segurança social, mas nao tenho a declaraçao do irs . nao entendo muito bem como isto tudo funciona.agora descontei mais 3 meses com um intervalo de 6 meses sem trabalhar. já me desloquei a segurança social , ja tenho a declaraçao medica que me foi pedida e o formulario preenchido. Apenas me falta a declaraçao do irs . Será que tenho direito ao subsidio?como faço para arranjar a declaração? Não basta apenas ter descontado para a segurança social enquanto estive a trabalhar?
    Agradeço a resposta com a máxima urgência. Muito obrigado.

  • marcia andreaResponder

    Gostaria de saber o que preciso fazer pra receber o abono-de-familia-pre-natal-apoio-a-natalidade aguardo resposta

  • SóniaResponder

    ola.É a minha 1ªgravidez. Eu e o meu marido,juntos,ganhámos por mês cerca de 2100€.Não temos direito a este subsídio, pois não?

  • Cleise Mery SampaioResponder

    Olá, minha duvida é o seguinte ja estou com 32 semanas de gestação, ja dei entraa mais de um mês e atè agora não tive nenhuma resposta, queria saber se demoram muito para pagarem o subsídio, e e se reberei desde o terceiro mês ou só depois de a lei ter sido aprovada. obrida.

  • Cláudia ValenteResponder

    entreguei os documentos para receber o abono pré natal no dia 4 de Agosto de 2008 e até agora não recebi nada, estou de momento com 34 semanas e este é o meu segundo filho, estou desempregada, e gostaria de saber a razão pela qual ainda não recebi nada visto já se terem passado dois meses. Obrigada

  • vilma mazzaliResponder

    13 DE OUTUBRO 2008
    OLA,GOSTARIA QUE ME ENFORMASSE O PORQUE ESTÁ ATRASADO A PARCELA DO ABONO PRE-NATAL.E SE POSSIVEL ME INFORMAR QUAL A DATA PARA RECEBER AS PARCELA,PORQUE JÁ ESTÁ VENCENDO A 4ª PARCELA E AINDA NÃO RECEBI A 3ª.OBRIGADA.

  • lúciaResponder

    olá gostaria de saber s tenho direito ao abono p´re natal,visto k só tenho 7 meses de descontos e ainda não pus as folhas do irs…

  • CarlaResponder

    ola eu chamo me carla e a minha mãe pediu o abono pre natal e em vez de lhe o darem cortaram o meu, o da minha irma e do meu irmao que esta para nascer. Isto é possivel?
    SE SIM ENVIEM o porque para o apartado:
    Lucilia Loureiro Pires
    Q.Azival
    3600-430- Mões
    MUITO OBRIGADO POR ESTE MINUTO DE ATENÇÃO

  • Susana ReisResponder

    boa noite, estou gravida de 25 semanas e ainda não recebi nada do abono pré-natal, na segurança social não me souberam dar resposta. se eu não o receber ate o meu filho nascer sera que depois enviam-me tudo junto? ou esta lei é so mais uma sem ser cumprida????
    Aguardo resposta obrigado

  • JulieneResponder

    Boa noite, sou brasileira, tenho 22 anos, estou inscrita na sef eu e meu esposo, enfim, estamos em processo de legalização, porem estou gravida de 5 meses….Trabalho em uma empresa ha 2 meses e ate eu ter o nenem terei 6 meses de desconto na segurança social.Minha duvida é quento a licença meternidade…Tenho direito a ela?
    Atenciosamente
    Juliene

    Desde ja grata pela compreenção.

  • VeronicaResponder

    Boa tarde,

    Estou grávida de 13 semanas. Li que após a 13ª semana posso requerer o abono pré-natal, mas sou mãe solteira e estou desempregada, sem subsidio de desemprego. Tendo em conta que não vi nenhum caso assim, gostaria de saber se tenho direito na mesma a este abono?

    Melhores Cumprimentos
    Veronica

  • AnónimoResponder

    olá é possivel saber em que data deste mês de Dezembro vem o abono e o rendimento minimo agradecia resposta urgente

  • cristinaResponder

    BOA TARDE.DISSERAM-ME QUE O ABONO DE FAMILIA E O RSI VEM A DOBRAR ESTE MÊS DEZEMBRO.E VERDADE?
    AGRADECIA RESPOSTA PARA O MEU EMAIL.OBRIGADA PELA ATENÇÃO DEMONSTRADA.

  • MELYANE PAMELA MOSCA ROZAResponder

    BOA NOITE ESTOU GRAVIDA DE 10 SEMANAS É O MEU PRIMEIRO FILHO ESTOU DESEMPREGADA E MEU MARIDO TAMBEM E ESTOU MORANDO DE FAVOR NA CASA DA MINHA SOGRA POIS ESTAMOS SEM CONDIÇOES DE PAGAR UM ALUGUEL .GOSTARIA DE SABER SE TENHO DIREITO A ESSE ABONO..AGUARDO RESPOSTA OBRIGADA

  • SandraResponder

    boa noite… eu estou gravida de 12 semanas nunca trabalhei e sou mãe solteira e tenho apenas 18 anos… pode me informar se tenho o direito ao abono pre-natal, visto que nunca fiz nenhum tipo de descontos??
    mais uma vez boa noite e obrigado pela sua atençao

  • carlaResponder

    Boa tarde.
    gostaria de saber se é normal ainda nao ter recebido o abono pré-natal passado 4 meses de ter feito os papeis. Obrigada pela atenção

  • GraçaResponder

    Bom dia,

    a minha dúvida é a seguinte: se uma pessoa se encontrar a receber o subsídio de desemprego e estiver integrada num Programa Ocupacional, se engravidar o que acontece em termos de valores a receber? Eu sei que é feita a interrupção do subsídio de desemprego quando receber o subsídio de maternidade, ou seja, pelo que percebi, durante os meus 4 meses de licença não recebo subsídio. Agora, até dar à luz, recebo o quê? subsídio de desemprego + Programa Ocupacional (+ 20% do subsídio de desemprego pagos pela Seg. Social) + subsídio pré natal a partir da 13ª semana de gravidez, é isso? Parece-me muita coisa mas foi o que percebi. Se alguém me puder esclarecer em relação a isso agradecia.

    Obrigada.

  • AnónimoResponder

    ola,sou angelita tenho dois filhos,um tem dois anos e sete meses,e outro tem nove meses.gostaria de saber se tenho direito ao abono pré-natal das duas crianças.moramos em quatro péssoas.espero resposta.

  • ANGELITA MANOEL SEVERINOResponder

    ola sou angelita tenho 23 anos casada e tenho 2 filhos,nunca recebi nada do governo por eles.eles tem 2anos e sete meses e outra de 9 meses.gostaria de saber se tenho algum direito de abono pré natal dos dois.espero resposta.

  • ArturResponder

    Ola, pode tentar perguntar na Segurança Social Directa (via Internet) em https://www.seg-social.pt/consultas/ssdirecta/
    Tem lá também um telefone.

    Nota: não é o Governo que dá, é o Estado e é com o dinheiro dos impostos de todos nós. Desculpe referi-lo mas isto por vezes é esquecido. Os governos só gerem esses fundos. Penso que o actual até o faz bem.

  • DeniseResponder

    Boa noite !!!Eu gostaria de uma pequena informação;E que eu enviei os documentos que eram precisos para poder ter o direito de receber o abono pré-natal ,e estou esperando resposta e até agora nada , e já fez um mês …o que devo fazer ? …envie a resposta para o meu e-mail mujercarentelatina@hotmail.com

  • cristina isabel dos santos ferramachoResponder

    estou grávida e no desemprego e tenho dúvidas se posso ou não receber o abono pre natal?
    agradecia que me esclarecessem sobre esta situação.meu mail emidiocuca@gmail.com

  • Beatriz AmargarResponder

    Bom dia,estou gravida de 5 meses e desempregada quero saber quanto tempo os papeis ficam dentro da seguranca social e qual e o valor que se recebe?Gostaria que mandassem a resposta para o meu email,por favor,obrigada Beatriz

  • saraResponder

    ola eu sou a sara sou mae solteira ja tenho 2 filhas uma de 10 e outra de 5 anos esto gravida de 10 semanas e queria saber como recorrer a subsidio pre natal e quanto irei receber?
    obrigada pela atençao

  • ronaldo pereiraResponder

    uma criança nascida há 30dias,os pais ilegais, sendo o pai faz descontos para a segurança social, essa criança tem direito ao abono e ao pré-natal? ou por serem ilegais não tem direitos? mesmo o pai fazendo descontos para a segurança social? obrigado. aguardo resposta. se possivel com a citação da lei em vigor.

  • milenaResponder

    ola boa noite
    Gostaria de saber se tenho direito ao abono pre-natal pois estou gravida de 26 semanas e sou brasileira,meu marido tbm é mais ele possui visto de residencia e so ele contribui pra a segurança social,tenho um filho te 3 anos nascido no brasil e ja recebo o abono familiar desse filho.
    Tenho direito ao abono pre-natal?Mesmo nao possuindo visto?

  • GibranResponder

    Minha esposa está gravida de 5 meses, onde encontro um posto da segurança social em Porto Alegre-S, para requerir os formuários para encaminhamento?
    Eu imprimi os formulários que consta no site, esses são válidos para requerir o auxílio prfé-natal?

  • sofia moreiraResponder

    olá,,
    eu estou gravida, já preenchi o impresso para o abono pre-natal e já entreguei no dia 3 de março,eu sou mae solteira tenho apenas 17 anos nunca trabalhei, por isso gostaria de saber quanto é que devo de receber de abono pre-natal, me respondam por favor! beijinho

  • Débora PereiraResponder

    Olá bom dia!
    queria esclarecer uma dúvida, eu estou grávida de 8 semenas, e pretendo requerer ao abono pré-natal mas, não trabalho o meu marido é que trabalha, tenho direito na mesma ao abono-pré natal?
    obrigada…. bjs

  • eli souzaResponder

    minha esposa esta gravida de oito meses . e eu estou trabalhando com recibo verde. ela veio do brasil a quatro meses, e gostaria de saber se ela tem algum direito ao súbicidio maternidade. eu tenho residencia.

  • rita gameiroResponder

    Por favor, preciso de ser esclarecida. tenho 3 filhos, de 10, 6 anos e 16 meses. Neste momento não tenho qualquer rendimento nem sequer o subsidio de desemprego. Que apoio posso pedir em relação ao abono dos meninos e que montante vou passar a usofruir? Como é que tudo se procesa?
    Obrigada

  • Maria Carolina Ramos BarrosoResponder

    BOA TARDE EU ESTOU GRAVIDA DE 34 SEMANAS E SO METI OS PAPEIS DO ABONO NO DIA 18 DO MES DE MAIO DE 2009 GOSTAVA DE SABER QUANTO TEMPO TEREI DE ESPERAR PARA O RECEBER COM OS MELHORES COMPRIMENTOS OBRIGADO AGUARDO RESPOSTA

  • catarinaResponder

    ola boa noite

    eu tenho 19 anos e sou mae solteira, antes de engravidar estava empregada num restaurante, mas com o adiantar da mesma os meus patroes nao ficaram muito contentes porque tive que ficar de baixa.
    mas a minha duvida agora é saber se tenho que entregar algum papel a justificar que a baixa foi cancelada e que estou de licenca de parto.
    e tambem sber que ajudas tenho mais.
    sera que tenho ajuda nas fraldas, leite..enfim gostaria que me informassem.
    obrigada cumprimentos

  • michele cristina louresoResponder

    Bom dia,estou gravida de 8 meses e desempregada quero saber se tenho direito ao auxilio maternidade ou algo parecido como faco para receber qual e o valor que se recebe?Gostaria que mandassem a resposta para o meu email,por favor,obrigada michele

  • daniela lopesResponder

    ola boa tarde

    é o seguinte, sou mae solteira e tou gravida de 34semanas, nunca fiz descontos, mas fui á segurança social p pedir o abono pre natal, entreguei o formulario e a declaraçao medica em como estou gravida. A senhora k me atendeu, perguntou se estava com o pai, eu disse k nao e nao me pediu nada do pai,eu disse que morava com a minha mae, ela disse k isso nao contava para o agregado familiar. E que eu tinha direito na mesma ao abono pra natal,
    Mas tenho lido aqui, que so se tem direito se o pai ou mae descontarem ou tiverem irs!!
    mas a mim nao me pediram nada do pai.
    Pudiam me dizer se vou mesmo receber alguma coisa???

  • alexandra isabel pinto martinsResponder

    boa noite
    eu estou gravida de 15 semanas,nao trabalho nem eu nem o meu namorado,estamos a viver em casa dos pais dele….sera que tenho direito ao abono pre natal igual???

  • RosaResponder

    sou brasileira tive uma bebe ca em portugal o pai e Romenio minha bebe ja esta com dois meses de nascida.
    estou dando entrada na minha documentacao atravez do cef .
    fiz tambem descontos mas so durante tres meses .
    minha bebe tem algum direito? aguardo retorno
    e desde ja agradeco.Rosa

    • MapariResponder

      Creio que sim, mas deverá informar e informar-se junto da segurança social. Felicidades.

  • vania barrosoResponder

    bom dia. estou gravida de 15 semanas do meu segundo filho, tenho uma menina com 3 anos. já meti os papeis para o abono pré-natal. a minha duvida e quanto tempo demora ate obter uma resposta da seguranca social, ou seja quanto tempo demora desde que entregamos os formularios ate se comecar a recaber o abono pre-natal. aguardo resposta. obrigado

    • MapariResponder

      Da experiência que temos, costumam pagar até um mês após o pedido. Se passado esse tempo não receber talvez seja melhor dirigir-se à segurança social para ver se há algum erro/problema. Felicidades.

  • michelle silva ramosResponder

    ola..estou gravida de 19 semanas,ja levei a segurança social o impreço do abono com tudo que foi solicitado,isso foi no dia á 5 semanas ,,quanto tempo e quanto irei receber,sendo que sou apenas eu no agregado familiar e esse é meu primeiro filho…nao tive descontos no ano passado,apenas neste ano,sendo assim nao fiz irs,tenho entao direito a que?????obrigado e boa tarde

  • Katty CunhaResponder

    Olá. Estou grávida de 35 semanas, sou brasileira nao legalizada e dei entrada no pedido de abono pre-natal porém pediram documento de residencia legal em portugal, gostaria de saber se o pai do meu bebe pode dar entrada, não somos casados, nos subsidios de abono pré-natal e/ou de familia apenas? Obrigada.

  • Silvânia NascimentoResponder

    Olá…sou estou grávida de 20 semanas,sou brasileira,legalizada a quatro anos e sou trabalhadora por conta outrem e fiz o requerimento do abono pré natal dia 19 de Agosto e até hoje não me foi enviado qualquer informação sobre o mesmo! Gostaria de saber se são todas as mães que tem direito a este abono e quanto tempo demora para obter uma resposta da parte da seg.social!? Obrigado e agradecia imenso a vossa ajuda pois é minha primeira bebê desde que aqui estou

  • Helenise SantosResponder

    Bom Dia,
    Meu filho tem 1 ano e 9 meses, tenho o direito ao apoio à natalidade???
    Fiquei sabendo desse programa somente agora, pois nada foi me informado pelo meu médico, nem no hospital, ou pediatra.
    Obrigada
    Helenise

    • MapariResponder

      Poderá eventualmente ter direito a abono de família; depende do rendimento do agregado familiar. Consulte a Segurança Social (têm serviço de atendimento por telefone).

  • Patricia FernandesResponder

    estou gravida de 35 semanas, inscrevi me para ter a ajuda pre natal, mas ate agora ninguem me diz nada. tenho uma filha menor de idade com 11 anos e foi me tirado o abono dela , agora estando gravida nao vejo o porquê desta situaçao.
    aguardo resposta

    obrigada pela atençao
    09/03/2012

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.