Juro dos Certificados de Aforro para Dezembro de 2006

Qual o Juro dos Certificados de Aforro para Dezembro de 2006? O número do dia é 2,852%. É esta a taxa de juro bruta (2,2816% depois de impostos) que o Instituto de Gestão de Crédito Público do Estado Português fixou para remunerar as novas subscrições de certificados de aforro efectuadas durante o corrente mês de Dezembro.

O juro máximo para estas aplicações de poupança que acumulem a totalidade das bonificações semestrais (mais de quatro anos e meio de antiguidade) será de 4,852% brutos (3,8816% líquidos).

Para terminar deixo ainda outro número. A Euribor a 3 meses fixou-se em Outubro nos 3,564% como se pode comprovar aqui.

Tagged under:

2 Comentários

  • Armando CostaResponder

    Qual a taxa do IRS retida?
    No texto é referido que a taxa bruta de 4,852% corresponde a uma taxa líquida de 4,2816%. Está certo?

  • Rui Cerdeira BrancoResponder

    Caro Armando,
    obviamente a taxa líquida de 4,2816% está errada. Se reparar limitei-me a somar aos valores previamente calculados para as novas aplicações o prémio máximo (bruto) que se acumula ao fim de 4 anos e meio. Ou seja somei 2 pontos percentuais à taxa bruta e à taxa líquida, quando na realidade à taxa líquida deveria ter somado apenas 1,6 p.p., ou seja, já descontando os 20% de retenção na fonte de IRS (taxa aplicável aos certificados).
    Vou corrigir o erro. Obrigado!

Deixe um comentário

O seu email não vai ser publicado.