Recorde Histórico no Turismo em 2016: 53,5 Milhões de Dormidas

Mais hóspedes internos, mais hóspedes externos, mais dormidas de nacionais, mais dormidas de não residentes, mais proveitos proveitos totais, mais proveitos de aposentos e tudo em aceleração face aos valores que já haviam sido positivos em 2015. Em suma, o turismo: 2016 superou 2015 em todos os indicadores.

Num parágrafo é este o resumo da atividade turística em Portugal, com o turismo a reforçar o seu peso na atividade produtiva nacional, contribuindo decisivamente para um superavit no saldo da balança de serviços e da balança de bens e serviços (ainda que com boa companhia de outros setores).

 

Recorde histórico no Turismo em 2016 53,5 milhões de dormidas

O ano de 2016 foi o ano de maior crescimento da atividade turística em Portugal quando medido número de dormidas: foram 53,5 milhões durante o ano completo.

Segundo o INE e considerando a evolução nos últimos dez anos, o número de dormidas foi superior ao de 2006 em 23,4% para os residentes e 51,8% para os não residentes. O peso das dormidas dos não residentes passou de 67,1% em 2006 para 71,5% em 2016.

Turismo em 2016 53,5 milhões de dormidas
Turismo em 2016 53,5 milhões de dormidas
Fonte: INE

O mês de dezembro revela uma ligeira desaceleração face a novembro mas apresenta indicadores próximos das médias anuais.

 

Por origem das dormidas de não residnetes, o ano de 2016 ficou também marcado pela captação de turistas que provavelmente possuem maior poder económico (o que ajudou a sustentar o aumetno dos proveitos com o reposicionamento dos preços). O INE destaca, em particular o aumento de 18% para as dormidas de França, de 10% para o Reino Unido e Alemanha.

Eis o resumo do INE sobre esta informação em termos anuais:

A evolução anual traduziu-se num aumento de 9,8%, aproximado ao do ano anterior (+9,9%). O mercado francês, com uma quota de 8,5%, manteve um crescimento expressivo em dezembro (+18,2%; +20,9% em novembro). Em 2016 observou-se uma aceleração notória das dormidas deste mercado (+18,0% face a +10,9% em 2015). Tal como no mês anterior, o Brasil destacou-se com um acréscimo assinalável em dezembro (+74,4%), sendo também de destacar os Estados Unidos e a Polónia (ambos com +25,1%), assim como os Países Baixos (+20,9%).

Eis os números de síntese divulgados pelo INE:

No conjunto do ano de 2016 (resultados preliminares) os estabelecimentos hoteleiros registaram 19,1 milhões de hóspedes e 53,5 milhões de dormidas, a que corresponderam aumentos de 9,8% e 9,6% respetivamente (+8,1% e +6,5% em 2015). O mercado interno contribuiu com 15,2 milhões de dormidas (+5,2%) e os mercados externos com 38,3 milhões (+11,4%). Os hóspedes não residentes representaram 71,5% das dormidas totais (70,4% no ano anterior). Os proveitos totais aumentaram 17,0% e os de aposento 18,0%, ultrapassando o crescimento verificado no ano precedente (+13,0% e +14,7% em 2015).

Mais informação no INE.

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

Um comentário sobre “Recorde Histórico no Turismo em 2016: 53,5 Milhões de Dormidas

.