OE 2013: Emigrantes portugueses reformados que regressem ou não sejam residentes isentos de IRS

Face ao proposto e aprovado no Orçamento do Estado de 2013 em matéria de IRS relativo a reformados estrangeiros com reformas pagas por outro Estado (que não o português) que decidam passar a residir em Portugal, bem como aos portugueses que regressem ao país para “gozar” a reforma ou que ainda mantenham a residência formal … Ler mais