O que é e como funciona o High Frequency Trading

Que tal um pequeno video de 5 minutos, do Finantial Times,onde se entrevista um operador que monta plataformas de High Frequency Trading para ter uma ideia sobre o que é e que pratica o High Frequency Trading? Se entende inglês, aceda ao vídeo nesta ligação: Who are the high-frequency traders? No sítio do Finantial Times poderá encontrar mais algumas pequenas entrevistas interessantes sobre o assunto. Por … Ler mais

Comissão altera DMIF com olho nas dark pools, high frequency trading e muito mais

A Directiva dos Mercados de Instrumentos Financeiros (DMIF) tem estado em revisão e a Comissão Europeia apresentou recentemente a sua proposta: “Novas regras para tornar os mercados financeiros na Europa mais eficientes, resilientes e transparentes“. A proposta cobre temas como as Estruturas de mercado, o impacto e regulação da inovação tecnológica na negociação (ex. high frequency trading), a … Ler mais

O fenómeno das quebras e subidas abruptas e instantâneas na bolsa (rev.)

No início de Maio houve uma queda abrupta (flash crash) no mercado de acções americano que levou a autoridade de supervisão local a impor suspensões travão quando e se houvesse títulos a cair abruptamente em poucos minutos. O limiar foi fixado nos 10% de variação se ocorrerem num espaço de 5 minutos, entrando em funcionamento apenas algum tempo após o início de cada sessão.

Na altura, perante a perplexidade do evento se cogitou ter-se tratado de erro humano no lançamento de algumas ordens. Alguns disseram que podia não ser isso. Segundo o Negócios, anteontem o Citigroup caiu em poucos minutos cerca de 17% no mercado americano e não terá caído mais porque entrou em acção o referido travão. Há alguns dias havia sido a Boeing a cair 44% em pouco tempo sem que tivesse surgido nova informação sobre o título. E meio do mês havia sido o Wall Street Journal que disparara 99%. Afinal o que se está a passar?

Ler mais