Banco HSBC promove ocultação de bens para facilitar fuga ao fisco a clientes de todo o mundo

A banca comercial internacional continua a ser desmascarada como um ator crucial na criação, promoção e alastramento de esquemas elaborados de fuga ao fisco que oferece a clientes abastados de vários países. Hoje em manchete em vários órgãos de comunicação social internacionais (como o The Guardian, Le Monde e BBC Panorama) surge a investigação promovida … Ler mais

Sem classe média e com desigualdade crescente, a democracia está ameaçada?

A ler “‘Where Is the Uprising from the Left?’” – Entrevista a Francis Fukuyama no Der Spiegel. Um excerto: ” (…) SPIEGEL: Even if members of the middle class held on to their jobs, they saw their income stagnate or even decline, while a few of globalization’s winners at the top reaped outsize rewards. The level of … Ler mais

Do suicídio ao aumento do salário mínimo

Numa altura em que algumas vozes críticas dos acordos de comércio internacional ganham mais ânimo com os balanços sobre a actual situação económica na União Europeia que levam analistas insuspeitos a considerar que o dumping social dos países emergentes tem sido excessivamente explorado pelas empresas industriais transnacionais que se têm deslocalizado da Europa para essas paragens, com dano para a perda de emprego e riqueza do primeiro mundo, surgem também sinais de concretização paulatina de uma outra realidade advogada por alguns dos defensores da globalização: num mundo global haverá também uma tendência para uma harmonização ao nível do trabalho e do seu custo. A tese é que aos poucos os direitos e liberdades existentes no mundo ocidental alastrarão também para outros espaços económicos.

Na Europa, pelo menos em alguns países chave como a Alemanha, as estatísticas indicam que os custos com o trabalho têm vindo a cair, ou seja, a harmonização parece estar a fazer-se pela negativa, aproximamo-nos da situação dos países emergentes. Mas esta não é toda a história. A pressão social interna na China (veja-se o caso dos suicídios na Foxconn e as greves a ameaças de greve que parecem atingir uma dimensão pouco divulgada) bem como a pressão por parte dos clientes (ainda muito concentrados no mundo ocidental e junto das elites e classes médias emergentes e socialmente mais conscientes e exigentes) pode levar e está a levar a uma progressiva transferência crescente da riqueza gerada em países como a China para os seus trabalhadores em muitos caso ainda semi-escravizados.

Ler mais

E se a culpa fosse do sistema monetário? – "Zeitgeist: Addendum"

Espírito aberto está embutido no lema “Todo o economista é um leigo, todo o leigo é economia“. No vídeo documentário anexo “Zeitgeist: Addendum” muito centrado nos EUA apresenta-se o mundo atual e o sistema monetário, económico, político e social de uma forma acutilantemente crítica – contem afirmações, revelações e/ou “revelações” potencialmente chocantes. A religião não é … Ler mais