“Seria muito agradável continuar a haver euro, mas não é possível.”

Mais uma voz com uma análise que não deixa margem para qualquer esperança dentro do Euro – Desmond Lachman, antigo diretor adjunto do FMI ao Expresso (em Agosto de 2011) em “É inevitável Portugal sair do Euro“. Um excerto: Porque é que Portugal deve abandonar o euro? É inevitável. Portugal não vai conseguir aguentar a … Ler mais