Corte de 6% no subsídio de desemprego aplicado desde janeiro deverá ser devolvido de imediato

Uma das consequências da decisão de hoje implica que o corte adicional de 6% aplicado desde janeiro a todos os beneficiários do subsídio de desemprego deverá ser-lhes devolvido. Contrariamente ao que foi decidido no ano passado em relação às normas orçamentais consideradas inconstitucionais, este ano o Tribunal Constitucional afirma que não haverá regime de exceção … Ler mais

Subsídio de desemprego: corte de 6% já em vigor.

O subsídio de desemprego relativo a janeiro já está a pagamento e incorpora o corte de 6% estabelecido pelo Orçamento do Estado de 2013. Este corte durará, pelo menos, durante o ano de 2013 podendo ou não vir a ser mantido posteriormente. Tal decisão só será concretizada, em princípio, no âmbito da discussão do próximo … Ler mais