Venda de Automóveis Positiva apesar de Aumento dos Impostos – Abril de 2016

A venda de automóveis desacelera em abril de 2016 mas mantém-se claramente positiva com o total dos veículos ligeiros e pesados a aumentar o volume de vendas em 7% face ao mês homólogo (dados ACAP). A subida da fiscalidade dos veículos de transporte rodoviários promoveu a antecipação de compras que impulsionaram as estatísticas de meses anteriores, contudo, assinala-se que o mercado continua a revelar um ritmo de crescimento evidente. Olhando para os detalhes verifica-se que a venda de automóveis ligeiros de passageiros, habitualmente adquiridos pelas famílias foi a componente que mais desacelerou, fixando-se num crescimento homólogo de 6,4%. Já entre os comerciais ligeiros o dinamismo das vendas foi maior: +8,4%.

Mas mais expressivo do que o andamento entre os ligeiros foi o registado entre os veículos pesados que manteve um crescimento acima dos dois dígitos. Para esta evolução contribuiu o aumento de 16,3% das vendas de pesados de mercadorias mas também o aumento de 141,2% nas vendas de pesados de passageiros que leva já um incremento acumulado nos primeiros quatro meses do ano de 68,4% (vendas de 224 camiões de passageiros em 2016 contra 133 em 2015).

Em termos de marcas destaca-se que, entre os ligeiros de passageiros, a Jaguar, a Mercedes e a BMW, três das marcas cujos automóveis mais forma afetados pela revisão da fiscalidade forma das que registaram os crescimentos de vendas mais significativos em abril (+193,8%, +13,5% e +12,8%, respetivamente). Nissan (+54,4%), Renault (+10,7%) e Opel (+11,8%) também registaram crescimentos de dois dígitos, enquanto a Ford, Peugeot, Citroen, Fiat e Volkswagen foram das mais penalizadas.

VENDAS DE LIGEIROS E PESADOS (Resumo) Janeiro a Abril 2016
Abril Janeiro a Abril
2016 2015 %Var 2016 2015 %Var
Lig Passageiros 15 984 15 016 6,4% 74 412 61 244 21,5%
Com Ligeiros 2 594 2 394 8,4% 10 661 9 082 17,4%
Total de Ligeiros 18 578 17 410 6,7% 85 073 70 326 21,0%
Total Pesados 340 274 24,1% 1 652 1 223 35,1%
Pes Mercadorias 299 257 16,3% 1 428 1 090 31,0%
Pes Passageiros 41 17 141,2% 224 133 68,4%
Total do Mercado 18 918 17 684 7,0% 86 725 71 549 21,2%
Fonte: ACAP

Tagged under:

Deixar uma resposta