Exemplos práticos de aplicação do imposto especial – sobretaxa de IRS (act. VIII)

ADENDA: Eis o documento de suporte usado pelo Ministro das Finanças (clique aqui para aceder) no final da tarde  de 14JUL2011 aquando da apresentação do novo imposto especial. Com base nestas cópias que o Económico divulgou vamos tentar reproduzir aqui alguns exemplos concretos e perceber como funcionará o cálculo do imposto especial em vários casos. O … Ler mais

Troco benefícios fiscais por menor carga fiscal e melhores serviços públicos

Quem não desconta IRS pelo facto do baixo nível de rendimentos conduzir à isenção, muito naturalmente não pode aceder aos benefícios fiscais que se baseiam na lógica de redução (reembolso) de uma parte do IRS pago ao longo do ano.

Quem tem rendimentos escassos e é praticamente incapaz de poupar ou consumir bens duradouros (como  carro, o painel solar ou, até há pouco tempo, o computador) também terá menos possibilidades de conseguir aceder aos benefícios fiscais pelo menos na sua expressão máxima. O que esta tabela surripiada ao Jornal de Negócios, ontem divulgada pelo Ministro das Finanças, nos diz é exatamente a relação entre o rendimento coletável e o montante médio que os contribuintes de cada escalão de rendimento conseguem ver reembolsado por via dos benefícios fiscais a que concorrem.

Ler mais

Vai ou não haver aumento de impostos?

Se o caro leitor tiver um rendimento colectável superior a cerca de 7250€ vai passar a pagar mais impostos, ou melhor, uma maior parte dos impostos que lhe são cobrados ficarão mesmo na posse do Estado pois passará a poder abater à colecta menos benefícios fiscais. Responda-me agora o caro leitor se há ou não … Ler mais