“Nobel” da Economia de 2006

Foi atribuido há minutos, pelo Banco Central da Suécia, o prémio de Ciências Económicas em memória de Alfred Nobel, , vulgarmente conhecido por Nobel da Economia de 2006, a Edmund S. Phelps. Segundo o Banco Centro da Suécia: Prize motivation: “for his analysis of intertemporal tradeoffs in macroeconomic policy” Field: macroeconomics…

Dívida externa, inflação e o mundo às avessa

Deixo como sugestão de leitura (algo especializada mas que vale a leitura mesmo para um leigo): “A world turned upside down …” . Trata-se de um ensaio comparativo, simultaneamente histórico e prospectivo onde se mencionam no mesmo parágrafo Portugal, EUA, Brazil, México, Espanha, Nova Zelândia e Islândia – não necessariamente…

O mercado cambial no dia seguinte

O mercado cambial: ontem deixava aqui – “A hermenêutica aplicada…” – a pergunta: “(…) Será que perante o abrandamento do ritmo das tensões inflacionistas de curto prazo, o BCE reagira regressando a uma toada mais pausada nas suas intervenções sobre as taxas de juro? Esta parece que será a pergunta…

A hermenêutica aplicada ao Banco Central Europeu

O artigo de ontem (5 OUT 2006) do Jornal de Negócios, da autoria do jornalista Nuno Carregueiro, “Trichet sinaliza que Banco Central Europeu vai continuar a subir juros”, interpreta o sentido das palavras do presidente do BCE e permite responder à questão aqui colocada nesta e nesta entrada. Daqui a…

Re: Superstições Económicas

Caro Vizinho (permita-me esta liberdade a que acho piada na blogoesfera, bem como a minha discrição); Antes de mais, deixe-me que lhe diga que admiro e acompanho o seu Blogo Existo. Na prosa que escreveu ontem e que intitulou Superstições Económicas, onde aborda o debate que se vai fazendo quanto…

Sem Spread em Número com Spread por Extenso

Sem Spread em Número com Spread por Extenso. Para mim o exemplo que vou relatar é uma novidade, provavelmente uma nova técnica de marketing. Estava entretido a consultar a informação sobre os créditos a habitação disponibilizados pelo portal Crédito Habitação (Santander e BNP Paribas) que oferece em determinadas condições uma…

Bruxelas prepara cenário de manutenção da subida das taxas de juro

Na sequência do post de ontem (“Os juros do empréstimo para comprar a casa vão continuar a subir?”), o acompanhamento noticioso da questão levou-me ao artigo de hoje do suplemento de Economia do Diário de Notícias. Em “Bruxelas diz que a Zona Euro pode crescer ainda mais que o previsto“,…

Os juros do empréstimo para comprar a casa vão continuar a subir?

“Os economistas são unânimes na previsão de que a taxa de referência vai passar dos 3% para os 3,25%.” in Jornal de Negócios Como é? Depois do aumento desta semana, os juros do empréstimo para comprar a casa vão continuar a subir? Já foi mais fácil responder a esta pergunta….

Mote

Todo o Economista é um leigo e todo o leigo é Economia.