Alunos do 11º e 12º ano aguardam regresso à escola

Universidade Emprego Recém Licenciados

Os alunos do 11º e do 12º ano serão os únicos que ainda poderão vir a ter aulas presenciais no presente ano letivo de 2019/2020. Tudo dependerá da evolução da situação em Portugal do surto de COVID-19 ao longo das próximas semanas mas é intenção do governo procurar que possam regressar às aulas. Se os alunos do 11º e 12º ano aguardam regresso à escola os do 10 º ano seguirão a lógica que se aplicará ao ensino básico, ou seja, os alunos terão aulas à distância, sendo esta decisão já definitiva.

 

Alunos do 11º e 12º ano aguardam regresso à escola

Estes serão os anos letivos onde será mais difícil ou mesmo impossível recuperar do impacto da atual crise nos próximos anos, em especial por se estar perante o final do ensino secundário e, para muitos jovens, os anos decisivos para o ingresso no ensino superior.

As aulas presenciais limitar-se-ão às 22 disciplinas sujeitas a avaliação via exame nacional para eventual ingresso no ensino superior.

 

O regresso à escola para os alunos do 11º e do 12º anos, a ocorrer, far-se-á com especiais cuidados de higiene e normas de prevenção que continuarão a cuidar de manter baixa a densidade populacional dos espaços. O uso de máscaras de proteção será obrigatório para toda a população escolar e o seu fornecimento garantido pelo Ministério das Educação.

Note-se que o governo considerará justificadas pelos encarregados de educação todas as faltas dos alunos caso seja essa a opção familiar.

 

Ano letivo termina a 26 de junho

Ao nível das provas e exames referentes ao 12º ano estes deverão manter-se desde que relativos a disciplinas relevantes para as candidaturas ao ensino superior, sendo que terão novas datas, sendo adiados para o mês de julho, permitindo assim que as aulas possam também reiniciar-se um pouco depois do previsto podendo também prolongar-se por mais algumas semanas. O ano letivo, para estes alunos, terminará a 26 de junho de 2020.

 

Novas datas para os exames nacionais

A 1ª fase das provas nacionais passa para os dias 6 a 23 de julho.

A 2ª fase decorrerá entre os dias 1 a 7 de setembro.

Na expressão do comunicado do conselho de ministros: “os alunos apenas realizarão exames finais nacionais nas disciplinas que elejam como provas de ingresso para efeitos de concurso nacional de acesso ao ensino superior“.

Noutro artigo abordamos o que sucederá com os alunos do ensino básico.

 

Calendário de Acesso ao Ensino Superior

O calendário de acesso ao ensino superior ainda não é conhecido ao dia, mas será adiado em cerca de três semanas.

Não deixe de ler todos os artigos sobre o COVID-19 que temos publicado.

Tagged under:

1 Comentário

Deixar uma resposta