Histórico de Etiquetas: Coeficiente de desvalorização da moeda

Coeficientes de desvalorização da moeda a aplicar aos bens e direitos alienados em 2014

Já são conhecidos os coeficientes de desvalorização da moeda a aplicar aos bens e direitos alienados em 2014. Estes dados foram divulgdos através da Portaria n.º 281/2014 do Ministério das Finanças. Para conveniência dos nosso leitores publicamos aqui o quadro anexo à portaria que não dispensa a leitura da referida portaria.   Atualização dos coeficientes

Diário da República

Coeficientes de desvalorização da moeda a aplicar aos bens e direitos alienados durante o ano de 2013

Foi hoje divulgada a tabela contendo os coeficientes de desvalorização da moeda a aplicar aos bens e direitos alienados durante o ano de 2013 através da Portaria n.º 376/2013 do Ministério das Finanças. Eis a referida tabela (não dispensa a consulta da portaria): Atualização dos coeficientes de desvalorização Anos  Coeficientes Até 1903. 4622,79 De 1904

Coeficientes de desvalorização da moeda para alienações de 2012 (Portaria n.º 401/2012)

Com algum atraso face a anos anteriores, acaba de ser publicada em Diário da República a Portaria n.º 401/2012 do Ministério das Finanças procede à atualização dos Coeficientes de desvalorização da moeda para alienações de 2012. Eis a reprodução dos coeficiente encontrados na Portaria (não dispensa a consulta da portaria): Atualização dos coeficientes de desvalorização

Coeficientes de desvalorização da moeda para 2011

Foi publica a 21 de Outubro de 2011, com considerável atraso face a anos anteriores, a Portaria n.º 282/2011 do Ministério das Finanças que actualiza os coeficientes de desvalorização da moeda para 2011, a aplicar aos bens e direitos alienados durante o ano de 2011, para efeitos de determinação da matéria colectável do imposto sobre

Coeficientes de desvalorização da moeda 2010

A Portaria n.º 785/2010, de 23 de Agosto,  estabeleceu os coeficientes de desvalorização monetária “a aplicar aos bens e direitos alienados durante o ano de 2010, para efeitos de determinação da matéria colectável do imposto sobre o rendimento das pessoas singulares”. O leitor poderá encontrar essa informação no Portal das Finanças. Em artigo posterior divulgaremos,

Top