Indicador de Sentimento Económico em máximos de 2007

A Comissão Europeia divulgou o indicador de sentimento económico (ISE) relativo a Portugal referente ao mês de dezembro de 2016 e apurou que este se encontra no nível mais elevado desde novembro de 2007.

 

Indicador de Sentimento Económico em máximos de 2007

O indicador de sentimento económico relativo a Portugal fixou-se, em dezembro de 2016, nos 109,5 pontos o valor mais elevado desde novembro de 2007 mês em que se havia fixado nos 11,3 pontos. Comparando com dezembro de 2015 o indicador subiu 4,2 pontos e registou em dezembro de 2016 o quarto mês de subida consecutiva.

O indicador tem vindo a recuperar de forma significativa tendo ultrapassado o nível registado para o conjunto da zona euro em Abril de 2014 e retomado essa tendência em janeiro de 2016. O período imediatamente após as eleições legislativas de 2015 foi o único desde 2014 em que o índice da Zona Euro suplantou o nacional.

No gráfico em baixo pode-se analisar a evolução deste indicador, em Portugal e na Zona Euro, desde janeiro de 2011 até dezembro de 2016. O período mais desfavorável teve o seu mínimo em outubro de 2012 (76,0) tendo registado uma melhoria significativa desde então até se atingir o nível 100 no início de 2014 (que indicia ainda que não garanta recuperação da atividade económica).

Entre abirl de 2015 e maio de 2016 o indicador entrou num período descendente que se terá invertido desde então, registando um período de maior dinamismo no último quadrimestre de 2016 ao ponto de se superar o anterior máximo de abril de 2015 e garantindo o melhor registo desde novembro de 2007.

Indicador de Sentimento Económico em máximos de 2007

Indicador de Sentimento Económico em máximos de 2007
Fonte: Dados de base da Comissão Europeia tendo por base informação dos INE nacionais.

Pode consultar aqui as séries de base divulgadas pela Comissão Europeia.

Deixar uma resposta