Artigos sobre: Pensão de Alimentos, Mudança da Hora, Comissões Bancárias e mais (TOP 5)

Onze anos depois, a construção de edifícios novos deixou de evoluir negativamente para registar um aumento ligeiro que deverá ser incrementado ao longo de 2017, em virtude do aumento da nova construção entretanto licenciada. Além disso, a construção para reabilitação continua em destaque. Eis mais detalhes no artigo mais partilhado da semana: Construção de edifícios aumenta onze anos depois  240

O segundo artigo mais partilhado da semana abordou um tema completamente diferente e mais relevante para a vida de muitas famílias: Qual o aumento da pensão de alimentos em 2017?  125

No início do segundo semestre de 2017, deveremos ter em Portugal um novo suporte com novos recursos para o já conhecido Livro de Reclamações. Conheça o que já é do domínio público no terceiro artigo mais partilhado da semana que passou: Livro de Reclamações Online 111

Em quatro lugar, a resposta a quando muda a hora, está para breve: Mudança da Hora Verão 2017  81

Finalmente, na quinta posição um artigo de análise, mais desenvolvido que aborda o que tem acontecido nos últimos meses ao nível das comissões bancárias, as reações possíveis e justificadas e as expectativas para o futuro próximo. Convidamo-lo à leitura e a partilhar o seu comentário em: Comissões Bancárias: “Até onde é que eles podem ir?”  70

Um excerto:

“(…) Até onde podem eles ir? Até onde quiserem. Podem, no limite, encarecer tanto as comissões, cujo custo já nada terá a ver com o serviço concreto que as justifica, como a manutenção de conta, de modo a que absorvam completamente o que não estão a ganhar no crédito à habitação porque a evolução das taxas evoluiu ao contrário do que esperavam. Ou seja, os bancos estão, na prática, a fazer algo comparável a um aumento do spread, quer dos clientes que têm créditos à habitação, quer dos que nâo têm. E vão aumentando e aumentando, a testar terreno. Para já, sem qualquer travão e continuam a aumentar, aumentar… (…)”

 

Votos de uma boa semana e boa primavera!

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

.