Desemprego jovem caiu três vezes mais do que o restante em 2016

As Estimativas Mensais de Emprego e Desemprego relativas a setembro de 2016 divulgadas pelo INE revelam que a taxa de desemprego (já corrigida de sazonalidade) ter-se-á mantido constante entre julho e agosto de 2016 nos 10,9%.

Note-se que o valor agora apurado é o mais baixo para a taxa de desemprego desde junho de 2009.

Em termos de dados provisórios (que têm sido significativamente revistos) o INE antecipa que setembro trará nova redução da taxa de desemprego para os 10,8%.

 

Desemprego jovem caiu três vezes mais do que o restante em 2016

Nestas estimativas o INE divulga a taxa de desemprego por dois grupos etários: dos 15 aos 24 e dos 25 anos em diante. Considerado a grupo mais jovens verifica-se que a taxa de desemprego continua a cair, diminuindo de 27,2% em julho para 26,7% em agosto (26,5% previstos para setembro). É preciso recuar a outubro de 2009 para encontrar uma taxa de desemprego entre os 15 e os 24 anos mais baixa.

No grupo etário acima dos 24 anos a taxa de desemprego aumenta mesmo uma décima entre julho e agosto.

Recuando ao início do ano de 2016 e comparando com os dados de agosto, verifica-se que a taxa de desemprego dos 15 aos 24 anos caiu de 29,8% para os 26,7% enquanto que entre os restantes trabalhadores caiu dos 10,7% para os 9,7%. Em termos relativos o desemprego mais jovens caiu três vezes mais desde o início do ano.

 

Taxa de Desemprego (%)
15 – 24 anosVariação 25 e + anosVariaçãoTotalVariação
jan/1629,810,710,9
ago/1626,7-3,19,7-112,11,2

 

Emprego aumenta muito ligeiramente

Em termos de emprego, registou-se um ligeiro aumento dos postos de trabalho o ocupados entre julho e agosto (mais 1 700).

Terminamos reproduzindo as tabelas de síntese do INE.

Desemprego Jovem Caiu

Deixar uma resposta