Contribuição para a ADSE aumenta 1 ponto percentual até 2014 (oficial)

O Primeiro-Ministro anunciou hoje a intenção de aumentar a contribuição obrigatória aplicada aos beneficiários da ADSE em um ponto percentual até ao ano de 2014. O aumento deverá ser repartido e terá o seu maior impacto já em 2013. Assim, segundo o anuncio feito, a contribuição para a ADSE aumentará em 0,75 pontos percentuais já em 2013 e em 0,25 pontos percentuais em 2014. Recorde-se que o orçamento de estado retificativo deverá ser apresentado no final de maio e deverá incluir as referidas alterações.

Excerto do discurso oficial sobre este tema:

Em quinto lugar, precisamos de aumentar as contribuições dos trabalhadores para os subsistemas de saúde ADSE/ADM/SAD em 0,75 pontos percentuais ainda em 2013, e em 0,25 pontos percentuais a partir de Janeiro de 2014, mantendo a voluntariedade à sua
adesão. Esta proposta visa diminuir as transferências que todos os anos provêm do Orçamento do Estado para esses subsistemas e, portanto, assegurar a sua sustentabilidade, suavizando o esforço em 2 anos.

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:


Artigos Relacionados

3 comentários

  1. Manuel Freitas said:

    Sempre gostaria de saber o que foi feito a tanto dinheiro que a ADSE tinha em carteira à cerca de duas dezenas de anos, data em que pagava aos médicos no fim de um a dois meses; às farmácias de dois em dois meses e outros serviços ligados à saúde e todos queriam fazer parte dos contratos com aquele Organismo- ADSE. Devolvidos estes anos começou a pagar de cada vez mais atrasada, passando muitas vezes dos oito meses sem pagar a ninguém e sempre pagando só parte da divida. Pelo que agora me dado ler e ouvir dos ditos Governantes ” digo ditos” porque de governo eles não tem nada, não só não há dinheiro como é preciso de vez em quando aumentar os descontos dos beneficiários para aguentar os serviços é caso para perguntar:- Então e as quantias em depósito que haviam?..Bom eu já fazia ideia da resposta, foi desbaratada como tantas outras para os bolsos dos nosso amigos Políticos, como não chegou a outra massa, foi necessário recorrer a esta, assim como do serviço de Assistência à saúde do Ministério da Justiça, outra desgraça, sacaram a massa para se fazerem grandes e com ela pagaram alguns Edifícios novos para os Tribunais, que hoje estão a deixar abandonados, porque deixou de ser preciso; diga-se em abona da verdade tivemos muita sorte com os governantes destes últimos 30 anos, que Deus os receba lá o mais depressa possível e como merecem ser recebidos. Manuel Freitas

  2. Ana Oliveira said:

    Pois, Manuel, isso sem contar com o reforço financeiro de pessoas como eu, que desconto para a Segurança Social e me deram a opção de descontar também para a ADSE. Em abono da verdade se a ADSE é uma vantagem em relação ao SNS, enfim… Mas é certinho que para a semana deixarei de descontar. Vão roubar para o raio que os parta! Os “supostos” “benefícios” só o são para quem não sabe como funcionam. Devem ter feito mais alguns swaps!

  3. Pingback: Contribuição para a ADSE, ADM e SAD com subida confirmada de 66,7% até 2014 | Economia e Finanças

Top