União Europeia: edifícios públicos obrigados a produzir energia

A eficiência energética continua a ser um tema em destaque a nível europeu. O presente artigo refere-se ao tema, correlacionado com a produção de energia. União Europeia: edifícios públicos obrigados a produzir energia

Segundo lemos no jornal Público, uma nova diretiva comunitária obrigará os estados a renovar 3% da superfícies total do respetivo edificado com sistemas de refrigeração e/ou de aquecimento.

O objetivo é de que se consiga poupar em consumo energético anual cerca de 50 mil milhões de euros, podendo representar uma poupança do consumo de energia da ordem dos 20%.

Todos os edifícios detidos pelos respetivos estados que tenha mais de 500 metros quadrados (passando para metade dessa área em meados de 2015) serão considerados para efeito de implementação e acompanhamento desta medida que deverá ser transformada em lei nacional no espaço de um ano e meio.

Resta saber se existirá alguma moratória ou derrogação, em particular, em países pressionados com incapacidade de disponibilizar novo investimento público.

Mais detalhes aqui: “Edifícios públicos na Europa serão obrigados a poupar energia

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

Deixar uma resposta