Supervisão comportamental: identificando as boas e más práticas dos bancos – junho de 2012

O Banco de Portugal acaba de divulgar a “Síntese Intercalar de Atividades de Supervisão Comportamental do Banco de Portugal ” relativa ao período de janeiro a junho de 2012.

Nesta publicação são revelados indicador determinantes para que os clientes bancários possam avaliar da qualidade comparada  entre os vários bancos a operar em Portugal, em termos do comportamento e das boas práticas destas instituições com os seus respetivos clientes.

 

De que trata a Supervisão comportamental?

Por exemplo apura como funciona cada instituição bancária em termos de concessão de crédito? E quanto à oferta de depósitos a prazo? E quanto a venda de produtos financeiros complexos? Como lida com as reclamações? Como compara cada banco com os seus concorrentes quanto ao volume de queixas que lhe são dirigidas?

A análise e provimento (ou não) das reclamações dos clientes pelas diversas áreas de atuação bancária é um dos aspetos mais relevantes, mas também a correta divulgação dos preçários, o cumprimentos das normas de difusão de publicidade entre outros.

Vale a pena passar alguns minutos a percorrer este relatório do Banco de Portugal (PDF).

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos: