Sem produtos alimentares e combustíveis inflação seria menos de metade

[wp_ad_camp_1]

Segundo a última informação do INE, com a incorporação dos dados de julho de 2012, a inflação média anual manteve-se estável nos 3,3%. A comparação entre os preços dos meses julho de 2012 e de julho de 2011 indica que cresceram 2,8%, ou seja, 0,5 pontos abaixo da variação média anual. Apesar desta variação homóloga ser ligeiramente superior à registada entre junho de 2012 e junho de 2011 (2,7%) continua a ser cada vez mais provável que a inflação média anual se aproxime dos 3% nos próximos meses.

Os produtos alimentares e os combustíveis continuam a contribuir de forma importante para o aumento dos preços refletido no índice geral. Recalculando a variação de preços entre julho de 2012 e julho de 2011, sem incluir produtos alimentares e combustíveis, o aumento de preços teria sido de apenas 1,3% em vez dos 2,8% registado para o total.

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:


Artigos Relacionados

Top