Parlamento aprova regras iguais para público e privado (feriados, horas extra entre outros)

É oficial, o parlamento aprova regras iguais para público e privado (feriados, horas extra entre outros).

Sob proposta do governo, o Parlamento aprovou hoje a uniformização entre sector público e sector privado das regras aplicáveis à remuneração do trabalho extraordinário e ao descanso compensatório.

Adicionalmente ficou também definido que a redução do número de feriados a implementar em 2013 se aplicará também aos funcionários públicos. O regime de trabalhador estudante será também unificado.

ADENDA: Após 2015 algumas destas alterações acima descritas começaram a ser revertidas. Uma das primeiras teve a ver com a reposição gradual dos feriados. Em 2017 já todos os quatro feriados suspensos haviam sido repostos.

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

Um comentário sobre “Parlamento aprova regras iguais para público e privado (feriados, horas extra entre outros)

  1. Gostava de saber se, tal como no público, o privado vai ser cortado para 25% a remuneração pelo trabalho efectuado em dia de feriado. Será que me podem ilucidar?
    Obg

.