INE: 13% das famílias que estão endividadas tinham taxa de esforço acima dos 40%

[wp_ad_camp_1]

O INE divulgou hoje os dados relativos a um inquérito harmonizado a nível europeu o Inquérito à Situação Financeira das Famílias realizado em 2010 (ISFF) também conhecido por Household Finance and Consumption Survey (HFCS). O período de referência é o ano de 2010 e entre os principais destaques o INE refere 40% das famílias estão endividadas e que 25% das famílias têm hipotecas sobre a sua a casa. Entre as famílias endividadas, segundo o INE,  13% tinham, em 2010, encargos com a dívida superiores a 40% do seu rendimento. O valor mediano do rácio entre o serviço da dívida e o rendimento monetário mensal foi bem mais baixo: 16%. Sublinhe-se que a mediana reparte uma população ao meio, ou seja, neste caso, metade das famílias endividadas estão acima dos 16% e a outra metade abaixo.

ine logotipo INE: 13% das famílias que estão endividadas tinham taxa de esforço acima dos 40%

Outro aspeto analisado foi a distribuição de rendimento e o tipo de rendimento/poupança. Segundo o INE:

“(…) A riqueza líquida média dos 10% de famílias com maior rendimento é 7 vezes superior à riqueza líquida dos 20% com menor rendimento, de acordo com o ISFF.
Os resultados indicam ainda a preponderância dos ativos reais no total dos ativos das famílias (88%) face à importância dos ativos financeiros (cerca de 12%). Mais de metade do valor dos ativos reais é constituída pelo valor da residência principal, enquanto as contas de depósitos a prazo são os ativos financeiros com maior peso para as famílias, representando quase 60% da riqueza financeira.(…)”

 

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:


Artigos Relacionados

Top