RECEBA O 'ECONOMIA E FINANÇAS' POR EMAIL: Clique => aqui e subscreva o resumo diário.

Dívida Externa Bruta em queda desde 2010 recomeçou a aumentar

[wp_ad_camp_1]

De forma simplificada a dívida externa bruta corresponde às responsabilidades para com o exterior de agentes económicos nacionais não considerando os créditos que esses mesmos agentes têm a haver do estrangeiro. Segundo os últimos dados disponíveis, no primeiro trimestre do corrente ano este indicador inverteu uma tendência de queda que se vinha registando desde o 3º trimestre de 2010. Sendo certo que como indicador isolado  (como qualquer indicador) é pouco informativo, na atual conjuntura este aumento da dívida externa bruta junto do exterior não pode deixar de ser mais um motiva de preocupação.

No 1º trimestre de 2012, por componentes, destaca-se a redução dos títulos da dívida pública contrastando com o aumento da componente “Empréstimos e depósitos”. No sítio do GEE pode encontrar mais detalhes e alguns gráficos, assim como no Boletim Estatístico – Maio de 2012  do Banco de Portugal.

RECEBA O 'ECONOMIA E FINANÇAS' POR EMAIL: Clique => aqui e subscreva o resumo diário.



Artigos Relacionados

Top