RECEBA O 'ECONOMIA E FINANÇAS' POR EMAIL: Clique => aqui e subscreva o resumo diário.

Alertas e conselhos sobre os investimentos financeiros feitos pela internet (ESMA)

[wp_ad_camp_1]

A ESMA – European Securities and Market Authority (regulador pan-europeu do mercado de valores mobiliários) divulgou através da CMVM uma alerta aos investidores que se concretiza numa brochura destinada aos potenciais investidores que recorram a intermediação financeira via internet procurando alertar para os riscos e cautelas recomendáveis.

A justificação para este alerta é sintomáticas dos riscos e ameaças existente. A ESMA destaca que (sublinhados nossos):

Por vezes, o investidor é colocado sob pressão e são utilizadas técnicas agressivas de venda/marketing para o levar a investir ou a recorrer a determinados sítios Web (por exemplo, através de ofertas especiais ou presentes gratuitos ou ainda períodos de utilização experimentais dos sistemas disponibilizados).

As reuniões e assinaturas presenciais podem por vezes ser um incómodo mas podem evitar que o investidor efetue transações de modo precipitado.

Nem todas as empresas que exercem a sua atividade na Internet estão autorizadas a oferecer produtos de investimento – por vezes, podem possuir uma autorização apenas para exercerem outras atividades específicas ou podem estar a vender ilegalmente produtos de alto risco ou produtos inexistentes aos investidores mais incautos.

Embora muitas destas empresas possam parecer idóneas e verídicas, podem não o ser. Ao contrário de uma visita aos escritórios de uma empresa e do contacto pessoal com os consultores, que permitem ao investidor aferir sobre a sua idoneidade, uma página de Internet é uma ferramenta de marketing fácil de criar e que pode não corresponder à realidade.

A ESMA, juntamente com as autoridades dos Estados-Membros, tem registado um número crescente de queixas dos investidores relativamente a atividades não autorizadas por parte de empresas na Internet.

Embora exista regulamentação em matéria de publicidade, tal regulamentação nem sempre é cumprida. Por exemplo, a informação prestada aos investidores pode ser escassa, enganadora ou pode simplesmente não existir.”

Em quatro páginas aborda os seguintes tópicos:

  • A Internet é uma via com dois sentidos
  • Os pequenos investidores procuram bons retornos
  • Investir de forma segura
  • O que pode fazer para se proteger?

Recomendamos a leitura de “A ESMA ALERTA OS INVESTIDORES PARA OS RISCOS DOS INVESTIMENTOS EM LINHA

Bons negócios.

RECEBA O 'ECONOMIA E FINANÇAS' POR EMAIL: Clique => aqui e subscreva o resumo diário.



Artigos Relacionados

Top