RECEBA O 'ECONOMIA E FINANÇAS' POR EMAIL: Clique => aqui e subscreva o resumo diário.

Via CTT e Finanças em união de facto antes da privatização

Perto do final do comunicado de imprensa que ontem as Finanças difundiram a promover o registo eletrónico para envio de correspondência (ver detalhes aqui), surge uma expressão que teremos de considerar com benevolência referindo-se à plataforma Via CTT que irá ser usada para contactar com os contribuintes que assim o  entenderem:

“A plataforma utilizada – Via CTT – é totalmente segura, uma vez que só os CTT lá colocam informação.”.

Pronto, já fiquei desconfiado! Quem usa totalmente e segura na mesma frase quando se refere à transmissão de dados  ou é ingénuo ou não está a ser sério e, bem vistas as coisas, não havia necessidade pois seria mais credível dizer-se que “será mais segura do que o actual serviço de entrega postal do CTT“. Esta eu compraria sem torcer o nariz.

Este artigo procurou respeitar o novo acordo ortográfico.

RECEBA O 'ECONOMIA E FINANÇAS' POR EMAIL: Clique => aqui e subscreva o resumo diário.



Artigos Relacionados

Top