Certificados do Tesouro pagam 1,25% nos primeiros anos

O IGCP acaba de divulgar a taxas de juro adequadas a cada prazo de permanência que se aplicarão aos Certificados do Tesouro (CT) cuja comercialização amanhã se inicia.

Eis o comunicado do IGCP:

 “Para as subscrições de certificados do Tesouro em Julho de 2010 a:

Taxa ilíquida de juro anual garantida para uma aplicação a 10 anos – 5,50%”

Taxa ilíquida dos juros distribuídos anualmente do 1.º ao 5.º ano – 1,25%

Taxa ilíquida de juro anual garantida para uma aplicação a 5 anos – 4,45%

Como se pode verificar os CT não são concorrenciais com muitos dos depósitos a prazo existentes no nosso mercado para prazos de permanência até 4 anos inclusive (consulte as páginas das instituições financeiras aqui referenciadas). Se mantiverem a aplicação durante pelo menos 5 anos, ao passar a pagar todo o período a uma taxa anual de 4,45% já se justificará pensar duas vezes, ainda que a opção não seja linear.

Na realidade, a opção dependerá das suas expectativas de evolução das taxas de juro e, consequentemente dos produtos concorrentes como os depósitos a prazo. Dependerá também da sua avaliação de risco de cumprimento por parte do Estado versus Instituição Finanaciera colocadora dos depósitos. Nos próximos dias apresentaremos aqui algumas comparações numéricas para facilitar o desenho de cenários.

Entretanto, não se esqueça,  a taxa de retenção do IRS vai aumentar para 21,5%. As taxas aqui apresentadas são brutas pelo que deverá deduzir 21,5% aos juros para obter o seu retorno líquido.  Bons negócios!

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

.