Apenas um Banco desceu as taxas de juro dos depósitos a prazo em Agosto 2010

O PrivatBank foi a única instituição financeira que identificámos como tendo descido as taxas de juro com que remunera a maioria dos seus depósitos a prazo. Entre os restantes bancos detectámos manutenções ou subidas, nalgunas casos significativas e transversais como no caso do BES e Montepio Geral, noutros pontuais como sucedeu com o Banco Popular. Como habitualmente as remunerações dependem não só do prazo dos depósitos mas também da fidelização e dos montantes envolvidos.

Chegámos a estas conclusões sumárias e não taxativas após termos actualizado o nosso comparativo com as melhores taxas de juro praticadas nos depósitos a prazo disponíveis no mercado português (clique aqui para aceder). Ainda que o exercício não seja exaustivo (implica consulta  e recolha, caso a cas,o da informação disponibilizada publicamente, na internet, por cada instituição financeira), cremos que é relevante e complementar a outra habitualmente divulgada nos media. Como sempre convidamos os nossos leitores a consultarem as Fichas de Informação Normalizada obrigatoriamente divulgadas pelos Bancos para fazerem as comparações finais.

Em termos sumários, apesar da descida das taxas, o PrivatBank continua a liderar em quase todos os prazos de depósitos que analisamos ainda que o diferencial se tenha esbatido.

Para mais detalhes consulte a página de Depósitos a Prazo ou aguarde alguns destaques que faremos em artigos posteriores do Economia & Finanças. Não hesite em dar-nos dicas de novos depósitos, de actualizações feitas pelos bancos ou de alguma falha nossa e acima de tudo: Bons Negócios!

GOSTOU DO QUE LEU?
Então não perca nenhum dos nossos artigos.
Receba um EMAIL diário com os resumos:

.